A produção de café na Vila de São João de Itaboraí e sua comercialização em Porto das Caixas (1833-1875)

Gilciano Menezes Costa

Resumo


O presente estudo analisa a produção de café na Vila de São João de Itaboraí e a comercialização desta mercadoria em Porto das Caixas, entre os anos de 1833 a 1875. A diversificação econômica existente nas plantações e o escoamento do café oriundo de outras regiões são estudados, neste trabalho, como processos complementares essenciais para compreender a História do Café da Vila.

 

Palavras-chave: Café, Itaboraí, Porto das Caixas.


Texto completo:

PDF

Referências


A CIVILIZAÇÃO. Porto das Caixas, nº 10, sábado, p. 4, 11 mai. 1850.

____. Porto das Caixas, nº 6, sábado, p. 1, 15 abr. 1850.

____. Porto das Caixas, nº 24, sábado, p. 1, 17 jun. 1850.

____. Porto das Caixas, nº 43, sábado, p. 4, 28 nov. 1850.

____. Porto das Caixas, nº 39, sábado, p. 1, 30 nov. 1850.

____. Porto das Caixas, nº 61, sábado, p.4, 3 maio 1851.

____. Porto das Caixas, nº 96, sábado, p. 4, 3 jan. 1852.

ADOLPHE, J.C.R. Milliet de Saint. Diccionario Geographico, Historico e descriptivo do Império do Brazil. Pariz: Typographia de Fain e Thunot, Tomo Primeiro, 1845.

ALMANAK ADMINISTRATIVO, MERCANTIL E INDUSTRIAL DO IMPÉRIO DO BRAZIL. Rio de Janeiro: H. Laemmert & C., Província,1847.

____. Rio de Janeiro: H. Laemmert & C., Província,1853.

____. Rio de Janeiro: H. Laemmert & C., Província,1857.

____. Rio de Janeiro: H. Laemmert & C., Província, 1864.

____. Rio de Janeiro: H. Laemmert & C., Província,1871.

____. Rio de Janeiro: H. Laemmert & C., Almanak,1876.

____. Rio de Janeiro: H. Laemmert & C., Almanak,1884.

ANNAES DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA PROVINCIAL DO RIO DE JANEIRO. Segundo ano da décima nona legislatura. Rio de Janeiro: Tipografia Imperial de J. Villeneuve & C. 1873.

AUTOS DE LIVRAMENTO DE MARIA PINTA E SUA FILHA LOURENÇA DIAS, em que era autora a justiça, e processados no juízo ordinário de Santo Antônio de Sá, em 1715.

BARROS, José D´Assunção. O campo da História: especialidades e abordagens. Petrópolis: Vozes, 2004.

BRASIL. Decreto de 15 de janeiro de 1833. Coleção das Leis do Império do Brasil. Rio de Janeiro: Typographia Nacional, parte segunda, 1873.

CASAL, Manuel Ayres de. Corografia Brasílica. RJ: Imp. Nacional, Tomo II, 1947.

CORREIO MERCANTIL. Rio de Janeiro, ano XIII, nº 319, quinta-feira, p.1, 20 nov. 1856.

____. Rio de Janeiro, ano XIII, nº 338, quarta-feira, p. 1, 10 dez. 1856.

CORREIO OFFICIAL. Rio de Janeiro, vol. 1, nº 6, terça-feira, p. 22, 9 jan. 1838.

DIRETORIA GERAL DE ESTATÍSTICA. Recenseamento do Brazil em 1872. Rio de Janeiro: Typ. G. Leuzinger, v. 10, 1874.

ECHO POPULAR. Porto das Caixas, nº 18, sábado, p. 4, 14 de novembro de 1863.

ERTHAL, Clélio. Cantagalo: da miragem do ouro ao esplendor do café. Niterói: Erthal, 1992.

FORTE, José M. Maia. Vilas fluminenses desaparecidas. Revista da Sociedade de Geografia do Rio de Janeiro. Tomo XLIV.1937.

FURTADO, Celso. Formação Econômica do Brasil. 32 Ed. São Paulo: Cia das Letras, 2009.

GAZETA DO RIO DE JANEIRO. Rio de Janeiro, nº 70, quarta-feira, p. 4, 1 set. 1813.

GOMES, José Clemente; MASSOW, Hilário. Estado do Rio de Janeiro: composto sobre os últimos mapas existentes e de acordo com as estatísticas e demarcações oficiais. Rio de Janeiro : Laemmert, 1892.

GOUVÊA, Maria de Fátima Silva. O império das províncias. Rio de Janeiro, 1822-1889. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira/FAPERJ, 2008.

HOLLANDA, Sérgio Buarque de. João Caetano em Itaboraí. Como um meio enriquecido pelo café suscitou a primeira tentativa de criação de um teatro nacional. O café no 2º Centenário de sua Introdução no Brasil. Rio de Janeiro: Edição do Departamento Nacional do Café, 1934.

INVENTÁRIO DOS BENS DE MANUEL DA COSTA. Santo Antonio de Sá, Cartório do 2º ofício de Itaboraí, maço 47, processo 1947, abril de 1816.

INVENTÁRIO DOS BENS DE DONA JOSEFA DO NASCIMENTO. Villa de Itaborahy, Cartório do 2º ofício de Itaboraí, maço 3, processo 900, 16 de janeiro de 1850.

JORNAL DO COMMERCIO. Rio de Janeiro, vol III, nº 149, quinta-feira, p. 4, 8 jul. 1830.

LAMEGO, Alberto Ribeiro. O Homem e a Serra. Rio de Janeiro: instituto Brasileiro de Geografia e Estatística/Conselho Nacional de Geografia, 1963.

MAGALHÃES, João de. Reminiscências do Porto das Caixas. Itaboraí, Março de 1944.

MARRETO, Rodrigo Marins. O opulento capitalista: café e escravidão na formação do patrimônio familiar do Barão de Nova Friburgo. (c.1829-c.1873). Tese de Doutorado em História. Niterói: UFF, 2019.

MATTOS, Hebe Maria. Ao Sul da História. Lavradores Pobres na crise do trabalho escravo. Rio de Janeiro: Editora FGV, Faperj, 2009.

MATTOS, Ilmar Rohloff de. O Tempo de Saquarema: A Formação do Estado Imperial. São Paulo: Editora Hucitec, 1990.

O POPULAR. Porto das Caixas, nº 102, sábado, p. 4, 24 mar. 1855.

____. Porto das Caixas, nº 140, sábado, p. 4, 11 ago. 1855.

____. Porto das Caixas, nº 187, quarta-feira, p. 1, 30 jan. 1856.

____. Porto das Caixas, nº 227, quarta-feira, p. 4, 25 jun. 1856.

PEREIRA, José Saturnino da Costa. Diccionario Topographico do Império do Brasil. Rio de Janeiro: Typographia Commercial de P. Gueffier, 1934.

Relatório da Fundação da Bibliotheca Popular Itaborahyense e da Primeira Exposição Municipal de Itaborahy. Niterói: Papelaria Brasil Ltda. 1973.

RIO DE JANEIRO (PROVÍNCIA). Relatório do Presidente (Rodrigues Torres). 1 mar. 1836.

RIO DE JANEIRO (PROVÍNCIA). Relatório do Presidente (Soares de Sousa). Discurso... 18 out. 1836.

RIO DE JANEIRO (PROVÍNCIA). Relatório do Presidente (Soares de Sousa). Discurso... 3 mar. 1838.

RIO DE JANEIRO (PROVÍNCIA). Relatório apresentado ao Exmº. Vice-Presidente da Provincia do Rio de Janeiro o Commendador João Pereira Darrigue Faro pelo Presidente o Conselheiro Luiz Pedreira do Couto Ferraz. Niteroi: Typographia de Amaral e Irmão, 1852.

RIO DE JANEIRO (PROVÍNCIA). Relatório apresentado ao Exm. Vice-Presidente da Provincia do Rio de Janeiro o Sr. Doutor José Ricardo de Sá Rego pelo Presidente Conselheiro Luiz Antonio Barboza por occasião de passar-lhe a administração da mesma Provincia. Niterói: Typographia de Quirino & Irmão. 1855.

RIO DE JANEIRO (PROVÍNCIA). Relatório apresentado ao Exm. Vice-Presidente da Provincia do Rio de Janeiro o Sr. Doutor José Ricardo de Sá Rego pelo Presidente Conselheiro Antonio Licoláo Tolentino pelo Presidente Conselheiro Luiz Antonio Barboza sobre o estado da administração da mesma Provincia em 2 de maio de 1856. Rio de Janeiro: Typographia Imperial e Constitucional de J. Villeneuve e comp. 1856.

RIO DE JANEIRO (PROVÍNCIA). Relatório apresentado ao Exm. Vice-Presidente da Provincia do Rio de Janeiro o Sr. Doutor João Manoel Pereira da Silva pelo Presidente Conselheiro Luiz Antonio Barboza sobre o estado da administração da mesma Provincia em 1857. Rio de Janeiro: Typographia universal de Laemmert, 1857.

RIO DE JANEIRO (PROVÍNCIA). Relatório apresentado á Assembleia Legislativa da Provincia do Rio de Janeiro na 2º sessão da 12º legislatura pelo Vice-Presidente João Manoel Pereira da Silva. Rio de Janeiro: Typographia universal de Laemmert, 1857.

RIO DE JANEIRO (PROVÍNCIA). Exposição feita pelo excellentissimo senhor Doutor Thomaz Gomes dos Santos, Vice-Presidente da Provincia, ao entregar a administração ao Presidente dela, o Conselheiro Antonio Nicoláo Tolentino. Rio de Janeiro: Typographia universal de Laemmert, 1858.

RIO DE JANEIRO (PROVÍNCIA). Vice Presidente (Tavares Bastos). S/ título...4 out. 1866.

RIO DE JANEIRO (PROVÍNCIA). Relatório apresentado a Assembleia Legislativa Provincial na sessão extraordinária pelo presidente, desembargador Diogo Teixeira de Macedo. Rio de Janeiro: Typographia Nacional, 1870.

RIO DE JANEIRO (PROVÍNCIA). Relatório apresentado a Assembleia Legislativa Provincial do Rio de Janeiro na primeira sessão da decima oitava legislativa no dia 8 de setembro pelo Presidente Dr. José Maria Corrêa de Sá e Benevides. Rio de Janeiro: Typographia do Diario do Rio de Janeiro, 1870.

RIO DE JANEIRO. Lei nº 2496 de 28 dez. 1995.

SALLES, Ricardo. E o Vale era o escravo. Vassouras, século XIX. Senhores e escravos no coração do Império. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2008.

SANTOS, Ana Maria dos. Vida Econômica de Itaboraí no século XIX. Dissertação de Mestrado em História. Niterói: UFF, 1975.

SLENES, Robert W. Grandeza ou decadência? O mercado de escravos e a economia cafeeira da província do Rio de Janeiro. 1850-1888. In: Costa, Iraci Del Nero da (org). Brasil: História econômica e demográfica. SP: Instituto de Pesquisas Econômicas, 1986.

STEIN, Stanley J. Vassouras. Um município brasileiro do café, 1850-1900. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1990.

TAUNAY, Affonso de E. História do Café no Brasil. Rio de Janeiro: Departamento Nacional do Café, Volume Segundo, 1939.

VIANA, Oliveira. Distribuição geográfico do cafeeiro no Estado do Rio. O café no 2º Centenário de sua Introdução no Brasil. Rio de Janeiro: Ed. do Depart. Nacional do Café, 1934.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.