VISÕES SOBRE A TEORIA EVOLUTIVA: PRESSÕES INSTITUCIONAIS RELIGIOSAS E CIÊNCIA.

Viviane Vieira, Eliane Brígida Morais Falcão

Resumo


Investigou-se a representação da teoria evolutiva de uma docente de um colégio religioso, cujo projeto pedagógico associava explicações bíblicas aos conteúdos científicos das disciplinas regulares. Para isso, foram investigados seus pensamentos, visões e atitudes frente à teoria evolutiva em sala de aula, em entrevista e visita à UFRJ. O referencial teórico metodológico foi a teoria das representações sociais. Os resultados mostraram que, nos espaços escolares, a docente mostrava restrições às explicações científicas no confronto com preceitos bíblicos e, no ambiente universitário, revelava adesão à abordagem científica. Concluiu-se que a sua prática docente era limitada pelo vinculo institucional e compromisso com o projeto escolar religioso. Na universidade, ela encontrava reconhecimento e liberdade para expressar seu interesse pela ciência, no caso, teoria da evolução. A necessidade da laicidade no ensino de ciências precisa de reflexão nos meios educacionais para que o acesso correto aos conteúdos científicos seja garantido a todos os estudantes. 


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/resa2014.v7i1.a21161

Apontamentos

  • Não há apontamentos.