INCLUSÃO ESCOLAR DO ALUNO SURDO NA PERCEPÇÃO DO INTÉRPRETE DE LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS EM SALAS DE CIÊNCIAS E BIOLOGIA

Autores

  • Paulo César Gomes Universidade Estadual Paulista - UNESP
  • Tiago Fernando Alves de Moura Universidade Estadual Paulista
  • Eduarda Gabriela Moura Alves PIBIC EM - EE Prof. Américo Virgínio dos Santos

DOI:

https://doi.org/10.22409/resa2020.v13i2.a28251

Resumo

Nosso objetivo primordial neste trabalho foi investigar como os Intérpretes de Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) compreendem sua ação profissional na inclusão do surdo no contexto de aulas de Ciências e Biologia. Contudo, investigamos também o cumprimento do Decreto n. 5.626/2005, que trata da obrigatoriedade da inserção deste profissional nas escolas, em duas diferentes cidades do interior paulista. Trata-se de uma Pesquisa Qualitativa em Educação na qual realizamos entrevistas semiestruturadas, análise documental e realizamos visitas a unidades escolares. Nossos resultados evidenciaram que em apenas uma das cidades existe a aplicação da Lei supra. Nesta, há apenas três escolas de Ensino Fundamental II e Ensino Médio que efetivamente recebem alunos surdos. As intérpretes participantes atuam nas escolas exclusivamente de acordo com a demanda de alunos surdos e não compreendem sua ação educativa nas aulas de ciências como atividade de ensino.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paulo César Gomes, Universidade Estadual Paulista - UNESP

Doutor em Educação para a Ciência pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, campus Bauru - SP (2010). Mestre em Educação Para a Ciência pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, campus Bauru - SP (2005). Graduação em Licenciatura em Ciencias Biológicas pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, campus de Bauru - SP (2002). Professor Assistente Doutor no Departamento de Educação, Campus de Botucatu da Universidade Estadual Paulista - UNESP/IBB. Tem interesse em pesquisas na área de Formação de Professores e Metodologia do Ensino de Ciências. 

Tiago Fernando Alves de Moura, Universidade Estadual Paulista

Graduado em Física Médica pelo Instituto de Biociências da Universidade Estadual Paulista - UNESP, Campus Botucatu. Licenciando em Física pela Faculdade de Ciências da UNESP, Campus Bauru. Pós-graduando do Mestrado em Educação para a Ciência, Unesp, Bauru - SP.

Eduarda Gabriela Moura Alves, PIBIC EM - EE Prof. Américo Virgínio dos Santos

Estudante do Ensino Médio da EE Prof. Américo Virgínio dos Santos, Bolsista PIBIC EM CNPq

 

Downloads

Publicado

2020-08-31

Edição

Seção

Artigos