Corposições entre o ver, o dizer e o agir

Catarina Resende, Iacã Machado Macerata, Leticia Costa Barbosa, Mariana Barbosa Pimentel, Mariana Borges de Moraes, Cesar Augusto de Macedo

Resumo


Este artigo enuncia as questões que mobilizam o coletivo de investigação “Corposições: Profanações entre afeto, performatividade e território”, explicitando o “como”, “onde” e “quando” os campos de atuação de seus integrantes se imbricam para construir um corpo comum. A partir de suas principais ferramentas de trabalho - a Composição em Tempo Real de João Fiadeiro e o Modo Operativo AND de Fernanda Eugenio – o jogo proposto pelo grupo é o de partilhar suas experiências, dando visibilidade ao que desestabiliza, ventila e amplia suas práticas e discursos. Tal proposição implica modos de ver específicos – a articulação entre corporeidade, afeto, território e performatividade – e modos de agir – uma investigação que é experimentação e laboratório, na qual são performadas intervenções entre dança e clínica.


Palavras-chave


Composição em Tempo Real; Modo Operativo AND; corporeidade; dança; clínica.

Texto completo:

PDF

Referências


AGAMBEN, G. Profanações. São Paulo: Boitempo, 2007.

AUSTIN, J. L. Quando dizer é fazer. Porto Alegre: Artes Médicas, 1990.

BASBAUM, R. Amo os Artistas Etc. in: MOURA, R. (Org.). Políticas Institucionais, Práticas Curatoriais. Belo Horizonte: Museu de Arte da Pampulha, 2005. Disponível em: . Acesso em 28 ago 2017.

CASTRO, E. V. Os pronomes cosmológicos e o perspectivismo ameríndio. Mana, Rio de Janeiro, v. 2, n. 2, p. 115-144, out. 1996. doi.org/10.1590/S0104-93131996000200005.

CASTRO, E. V. Metafísicas caníbales: líneas de antropología postestructural. Buenos Aires: Katz, 2010.

DELEUZE, G. Conversações. Rio de Janeiro: Editora 34, 1992.

DELEUZE, G. O que é um dispositivo? In: ______. O mistério de Ariana. Lisboa: Vega, 1996. p. 83-96.

DELEUZE, G.; PARNET, C. Diálogos. São Paulo: Escuta, 1998.

DELEUZE, G.; GUATTARI, F. Mil platôs: capitalismo e esquizofrenia. Rio de Janeiro: Editora 34, 1997. v. 1.

EUGENIO, F. Sobre o And Lab. [201?]. Disponível em: . Acesso em: 20 out. 2016.

EUGENIO, F.; FIADEIRO, J. O encontro é uma ferida. Excerto da conferência-performance Secalharidade de Fernanda Eugenio e João Fiadeiro. Lisboa: Culturgest, jun. 2012. Não paginado.

EUGENIO, F.; FIADEIRO, J. Jogo das perguntas: o modo operativo “AND” e o viver juntos sem ideias. Fractal, Rev. Psicol., Niterói, v. 25, n. 2, maio/ago. 2013. doi.org/10.1590/S1984-02922013000200002.

FIADEIRO, J. Composição em tempo real. Dossier de divulgação, 2016.

GUATTARI, F. Caosmose. Rio de Janeiro: Ed. 34, 1992.

GIL, J. Movimento Total: o corpo e a dança. São Paulo: Iluminuras, 2004.

JORGE, S. Movimento Autêntico: a arte de mover e ser movido. Instituto Junguiano do Rio de Janeiro. s.d. Disponível em: . Acesso em: 2 set. 2016.

KALTENBRUNNER, T. Contact Improvisation: moving – dancing – interaction. Oxford: Meyer und Meyer (UK), 1998.

KALTENBRUNNER, T. Contact Improvisation, bewegen, sich begegnen und miteinander tanzen. Aachen, Germany: Meyer & Meyer, 2009.

MACEDO, G. Bright spots in Brazil. Contact Quaterly, New York State, v. 32, n. 2, summer/fall 2007.

MACERATA, I. Traços de uma clínica de território. 2015. Tese (Doutorado em Psicologia)–Universidade Federal Fluminense, Instituto de Ciências Humanas e Filosofia, Departamento de Psicologia, Niterói, 2015.

RANCIÈRE, J. A partilha do sensível. São Paulo: Editora 34, 2005.

RANCIÈRE, J. O espectador emancipado. Lisboa: Orfeu Negro, 2010.

RESENDE, C. Coreografismos clínicos: contágio e outramento. In: SEMINÁRIO DA FACULDADE DE DANÇA ANGEL VIANNA, 6., 2012, Rio de Janeiro. Anais… Rio de Janeiro: Faculdade de Dança Angel Vianna. Disponível em: . Acesso em: 12 jul. 2016.

ROLNIK, S. Subjetividade Antropofágica / Anthropophagic Subjectivity. In: HERKENHOFF, P.; PEDROSA, A. (Curadores). XXIV Bienal de São Paulo: Arte Contemporânea Brasileira: Um e/entre Outro/s. São Paulo: A Fundação, 1998. p. 128-147.

RUIZ, G. Graciela e Grupo Coringa: a dança contemporânea carioca dos anos 1970/80. Rio de Janeiro: Mauad, 2013.




DOI: https://doi.org/10.22409/1984-0292/v29i2/2172

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


URL da licença: https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

 

Apoio:



Indexadores:



Arquivamento:



Facebook: