O corpo cultivo da arte

Elizabeth Medeiros Pacheco, Thadeu Pinto Lobo, Gabriel Barbosa Gomes, Karina Junqueira Mata

Resumo


O capitalismo urbano midiático atual pervade as subjetividades, extraindo os afetos vitais, vetores de criação, através de máquinas semióticas que capturam a experiência da cooperação e inoculam nas vidas a autoexigência, a autosuficiência, a autoimaginação, na urdidura do mais individual dos mundos: o mundo sem si. Tal forma de vida se torna incubadeira das patologias do ânimo, com pregnância dos afetos de insuficiência, enquanto testemunhamos a expansão incessante das redes de solidão participada. Nesta constante convocação à dispersão pelo excesso de oferta e ânsia de velocidade, a constituição de experiência é cada vez mais precária e a mesma abundância que ora incita à demanda, pode também assombrar com o tédio. Nosso projeto O corpo sem álibi, pesquisa aberta ao convivio acadêmico da Universidade Federal Fluminense em Campos dos Goytacazes, consiste em compartilhar nossos corpos, seu poder de afetar e contrair memoria, apostando no corpo cultivo da arte como dispositivo micropolítico de resistência.


Palavras-chave


afetos; arte; corpo; experiência; resistência

Texto completo:

PDF

Referências


AGAMBEN, G. Meios sem fim: notas sobre a política. Tradução de Davi Pessoa Carneiro. Belo Horizonte: Autêntica, 2015.

BARTHES, R. O império dos signos. Tradução de Leyla Perrone-Moisés. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2007.

DELEUZE, G.; GUATTARI, F. Mil Platôs - Capitalismo e Esquizofrenia; vol. 1. Tradução de Aurélio Guerra Neto e Célia Pinto Costa. – Rio de Janeiro: Editora 34, 1995.

DELEUZE, G.; GUATTARI, F. O que é a filosofia?. Tradução de Bento Prado Jr. e Alberto Alonso Munõz. 3. ed. São Paulo: Editora 34, 1997.

FOUCAULT, M. Vigiar e punir: nascimento da prisão. Tradução de Lígia M. Ponde Vassalo. Petrópolis, RJ: Vozes, 1997.

GIL, J. O Movimento Total: o corpo e a dança. Tradução de Miguel Serras Pereira. Lisboa: Relógio D’Água, 2001.

GODARD, H. Gesto e percepção. In: SOTER, S.; PEREIRA, R. (Org.). Lições de dança. Rio de Janeiro: UniverCidade, 2002. v. 3, p. 11-35. Disponível em: . Acesso em: 11 dez. 2016.

LATOUR, B. Como falar do corpo? A dimensão normativa dos estudos sobre a ciência. In: NUNES, J. A.; ROQUE, R. (Org.). Objectos impuros: experiências em estudos sobre a ciência. Porto: Afrontamento, 2008. p. 39-61. Disponível em: Acesso em: 22 out. 2014.

MAC QUEEN, A. Video Alexander McQueen Savage Beauty The Metropolitan Museum of Art, New York. 1 ago. 2011. Disponível em: . Acesso em: 11 dez. 2016.

RANCIÈRE, J. O inconsciente estético. Tradução de Mônica Costa Netto. São Paulo: Editora 34, 2009.

SAINT LAURENT, Y. Spring Summer 2017 Full Fashion Show|Exclusive. 27 set. 2016. Disponível em: . Acesso em: 13 dez. 2016.

STANISLAVSKI, C. A construção da personagem. Tradução de Pontes de Paula Lima. 25. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2015.

VERSACE, D. Versace Menswear Fall/Winter 2016-2017. 16 jan. 2016. Disponível em: . Acesso 10/12/2016.




DOI: https://doi.org/10.22409/1984-0292/v29i2/2204

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


URL da licença: https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

 

Apoio:



Indexadores:



Arquivamento:



Facebook: