Galland, autor das 'Mil e uma noites'

Maria Inês Coimbra Guedes

Resumo


As Mil e uma noites, versão de Antoine Galland, obteve enorme sucesso de público e influenciou o imaginário e a literatura ocidentais desde sua publicação no início do século XVIII. O arabista francês, autor da primeira tradução dos Contos árabes oriundos da tradição oral, e o autor de uma "reescrita" adaptada ao gosto clássico e perfeitamente de acordo com a produção literária e a episteme de sua época. Este estudo pretende mostrar que a versão de Galland é considerada parte do conjunto do literatura ocidental graças ao modo de traduzir do época, conhecido como belles infidèles.


Palavras-chave


Tradução dos contos árabes das Mil e uma noites; Criação; Formação de cânone; Belles infidèles.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 


A Gragoatá é uma revista dos Programas de Pós-graduação em Letras da UFF:

Ir para Pós Estudos de Linguagem Ir para Pós Estudos de Literatura


ISSN (impresso) 1413-9073 - de 1996 a 2013
ISSN (online) 2358-4114 - de 2014 em diante


A Gragoatá está indexada nas seguintes bases:

Portal de Periódicos da UFF

Latindex Porbase Google Acadêmico Diadorim Periódicos Capes EZB DOAJ Sumários.Org ErihPlus


Licença Creative Commons
A Gragoatá utiliza uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.