Funk: experiências de pesquisa em cadeias produtivas da cultura

Elizete Ignácio dos Santos

Resumo


Nesta comunicação buscamos compartilhar uma experiência depesquisa social na área de economia da cultura, com o objetivo detrazer novos elementos para o debate travado neste campo. Assimapresentamos as contribuições que as investigações realizadas comagentes atuantes no mercado do funk carioca nos trouxeram ao mensurarmosos impactos econômicos da produção deste gênero musicalna cidade do Rio de Janeiro. Este gênero está intrinsecamente vinculadoao contexto socioeconômico e cultural dos seus artistas e produtores.Porém, e apesar de usarem uma linguagem escrita e musical totalmentereferenciada a estes contextos, expandiu-se para além de suasregiões originais, tornando-se conhecido no Brasil e no exterior.

Texto completo:

PDF

Referências


CUNHA, Manuela. P. Formalidade e informalidade:

questões e perspectivas, In: Etnográfica, Vol.

X (2), 2006, pp. 219-231.

DCMS, Creative Industries Mapping Document,

Department for Culture, Media and

Sport, do Governo Britânico, Disponível IN:

://www.culture.gov.uk/reference_library/publicati

ons/4632.aspx>, 2001.

DICIONÁRIO CRAVO ALBIN DE MÚSICA

POPULAR BRASILEIRA, Disponível IN:

DOUGLAS, Mary. O mundo dos bens, vinte

anos depois. Horiz. antropol., Dez 2007, vol.13,

no.28, p.17-32.

FGV, Configuração do mercado do Funk no

Rio de Janeiro. Relatório técnico. Rio de

Janeiro: FGV/CPDOC, 2008, Disponível IN:

icas#id_3>

HERRSCHMANN, Micael e KISCHINHEVSKY,

Marcelo. A “geração podcasting” e os novos usos

do rádio na sociedade do espetáculo e do entretenimento.

Comunicação. 16° Encontro Anual de

Programas de Pós-Graduação em Comunicação

(Compós): Curitiba, 2007.

IBGE. Sistema de Informações e Indicadores

Culturais 2003-2005. Rio de Janeiro, IBGE,

LEMOS, Ronaldo, CASTRO, Oona, TOSTA,

Alessandra, SANTOS, Elizete, e outros. Tecnobrega:

o Pará reinventando o negócio da música.

Rio de Janeiro: Aeroplano, 2008.

MIGUEZ, Paulo. Alguns aspectos do processo

de constituição do campo de estudos em economia

da cultura. Apresentado no Seminário Internacional

em Economia da Cultura (Recife, 16 a

de julho 2007).

MIZRAHI, Mylene. Indumentária Funk: a confrontação

da alteridade colocando em diálogo o local e

o cosmopolita. Horiz. antropol. , Porto Alegre, v.

, n. 28, 2007.

SANTOS, Elizete Ignácio. Música caipira e

música sertaneja: classificações e discursos

sobre autenticidades na perspectiva de críticos

e artistas. Elizete Ignácio dos Santos. Rio de

Janeiro: UFRJ, IFCS, PPGSA, 2005.

SCOTT, Allen. J. “The cultural economy of cities”,

in International Journal of Urban and Regional

Research, 1997, vol. 21, n.º 22.

UNCTAD/DICT, Creative Economy Report 2008.

Disponível IN:

sp?intItemID=5109〈=1>




DOI: https://doi.org/10.22409/pragmatizes2.2.a10344

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




URL da licença: http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/
Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

https://labacuff.wordpress.com/

https://www.ppcultuff.com/

http://iacs.sites.uff.br/

http://uff.br/

https://www.abecbrasil.org.br/novo/

http://iacs.sites.uff.br/graduacao_producao-cultural/

https://www.facebook.com/Pragmatizes-302946063167783/

https://sfdora.org/

https://www.latindex.org/latindex/ficha?folio=22753

https://www.redib.org/recursos/Search/Results?lookfor=pragmatizes

https://doaj.org/search?source=%7B%22query%22%3A%7B%22query_string%22%3A%7B%22query%22%3A%22PragMATIZES%22%2C%22default_operator%22%3A%22AND%22%7D%7D%7D