PEDAGOGIA DA UTOPIA: um diálogo entre Paulo Freire e Ernst Bloch

Frederico Alves Lopes, Antônia Vitória Soares Aranha

Resumo


Este trabalho objetiva um diálogo teórico a fim de postular uma pedagogia, denominada por nós de Pedagogia da Utopia, ancorada nos trabalhos de Paulo Freire e Ernst Bloch. Busca-se, a partir dos escritos, sobretudo das categorias sonhos, esperança e utopia, uma conexão entre os autores. Desse modo, ressaltam-se tanto a importância de uma reflexão crítica sobre a utopia nos tempos que correm, frente aos discursos fatalistas neoliberais, quanto o dever de construção de sujeitos de sonhos, que interroguem a realidade estabelecida e que vejam relevância na luta pela sua transformação.

Palavras-chave: Ernst Bloch; Paulo Freire; Utopia.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/mov.v0i7.400

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 Fontes de indexação:

                                                                              

 

 

Apoio:

 

                                                                  

   

 

                              

 

 

 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

click counter
click counter
click counter