Os sentidos construídos pela literatura – Graciliano Ramos

Dayane Cabral Leite

Resumo


A proposta deste artigo é discutir como a   literatura atua na produção de sentidos e significados, estabelecendo um diálogo entre homem e mundo de forma anônima e indispensável, influenciando na forma como cada indivíduo internaliza suas informações e as torna singular, utilizando como base de análise Graciliano Ramos em sua obra Infância. Vale destacar que o presente texto nasceu como proposta de trabalho final da disciplina Crítica Literária, ministrada pela professora Nilma Gonçalves Lacerda, no Programa de Especialização em Literatura Infantojuvenil, da Universidade Federal Fluminense.

Texto completo:

PDF

Referências


AGUIAR, Wanda Maria Junqueira. A pesquisa em psicologia sócio-histórica: contribuições para o debate metodológico. In: BOCK, Ana M. Bahia; GONÇALVES, M. Graça M.; FURTADO, Odair. Psicologia sócio-histórica: uma perspectiva crítica em psicologia. 5ª ed. Cortez – São Paulo, 2011.

ANDRUETTO, María Teresa. A leitura, outra revolução. In: Caderno Emília. Ano 1, n.º 0 – 2017. Disponível em: http://revistaemilia.com.br/wp-content/uploads/2018/06/Caderno-Em%C3%ADlia_N_0.compressed.pdf . Acesso em 12/10/2019.

______. Por uma literatura sem adjetivos. Tradução: Carmem Cacciacarro – São Paulo: Editora Pulo do Gato, 2012.

BARTHES, Roland. Aula: aula inaugural da cadeira de semiologia literária do Colégio de França, pronunciada dia 07 de janeiro de 1977. Tradução e posfácio: Leyla Perrone-Moisés. São Paulo: Cultrix, 2013.

CANDIDO, Antonio. O direito à literatura. In: ___. Vários escritos. São Paulo: Duas cidades; Rio de Janeiro: Ouro sobre Azul, 2004.

FARIA, Octávio de. Graciliano Ramos e o sentido do humano. In: RAMOS, Graciliano. Infância. Posfácio Otávio Faria. 14ª ed. Rio de Janeiro, Record, 1978.

MONTES, Graciela. La Frontera indómita. In: _____. La Frontera indómita: en torno a la construcción y defensa del espacio poético. México: Fondo de Cultura Económica, 1999.

RAMOS, Graciliano. Infância. Posfácio Otávio Faria. 14ª ed. Rio de Janeiro, Record, 1978.

RIVAS, Manuel. A literatura infantil e xuvenil como poesíainsurxente. In: 32° Congreso Internacional de IBBY. Santiago de Compostela, 8-12 set. 2010. Disponível em: http://www.ibbycompostela2010.org/descarregas/cp/Cp_IBBY2010_7-gl.pdf Acesso em 18/05/2016.

VIGOTSKI, Lev Semenovich. Imaginação e criação na infância: ensaio psicológico: livro para professores. Apresentação e comentários Ana Luiza Smolka e tradução: Zoia Prestes. São Paulo: Ática, 2009.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Sede de ler



Creative Commons License
O periódico Sede de Ler utiliza uma Licença  Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.