Crise e prosa em Sob o olhar de Neptuno, de Manuel de Freitas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22409/cadletrasuff.v31i61.44129

Palavras-chave:

poesia, Manuel de Freitas, crise

Resumo

O artigo pretende discutir como as categorias de crise, prosa e circunstância são trabalhadas pelo poeta português contemporâneo Manuel de Freitas em seu livro Sob o Olhar de Neptuno, publicado em 2018 pelas Edições 50Kg. Destarte, buscaremos trazer reflexões teórico-críticas sobre as questões abordadas, mas nos atendo, sobretudo, em como estas são desenvolvidas nos quatro poemas que compõem o livro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tamy de Macedo Pimenta, Universidade Federal Fluminense

Doutoranda em Literatura Comparada na Universidade Federal Fluminense sob orientação da Prof.ª Dr.ª Ida Alves. Mestre em Estudos Literários pela mesma instituição na subárea de Literatura Portuguesa e Africanas de Língua Portuguesa com a dissertação "Percursos do nomadismo na poética de Rui Pires Cabral", defendida em 2016. Licenciou-se em Letras Português/Inglês pela Universidade Federal Fluminense em 2013, tendo atuado como bolsista de Iniciação Científica entre os anos de 2011 e 2013 sob orientação da Prof.ª Dr.ª Ida Alves. É professora de língua inglesa na SEEDUC-RJ e na Fundação Pública Municipal de Educação de Niterói.

Referências

AGAMBEN, Giorgio. Ideia da prosa. Trad. João Barrento. Lisboa: Cotovia, 1999.
ALFÉRI, Pierre. ‘Rumo à prosa”. Trad. Masé Lemos e Paula Glenadel. Alea – Estudos Neolatinos. Rio de Janeiro, v.15, n.2, jul./dez. 2013, http://www.scielo.br/pdf/alea/v15n2/11.pdf, 27/07/2018.
CAMÕES, Luís de. Os Lusíadas. Edição organizada por Emanuel Paulo Ramos. Porto: Porto editora, 1978.
GARRAMUÑO, Florencia. La prosa de la poesía, 2014, <http://www.espaciomurena.com/7892/>, 10/08/2018.
FREITAS, Manuel de. Cólofon. Lisboa: Fahrenheit 451, 2012.
______. Game over. Lisboa: Alambique, 2017. 2ª ed.
______. Sob o olhar de Neptuno. Porto: Edições 50 kg, 2018.
LEONE, Luciana di. ‘O mínimo e o monumento. Os Versos de Circunstância de Carlos Drummond de Andrade”. In Ler Drummond Hoje. São Paulo: Rafael Copetti Editor, 2014.
MAGALHÃES, Joaquim Manuel. Segredos, Sebes, Aluviões. Évora: Publicação e Dicções, 1981.
PAZ, Octavio. Signos em rotação .Tradução de Sebastião Uchoa Leite. São Paulo: Editora Perspectiva, 2009.
SISCAR, Marcos. Poesia e Crise: ensaios sobre a ‘crise da poesia” como topos da modernidade. Campinas: Editora da Unicamp, 2010.

Downloads

Publicado

2020-12-15

Edição

Seção

Dossiê