Edições anteriores

  • Multilinguismo, Discurso e Direitos Linguísticos
    v. 32 n. 62 (2021)

    A partir de uma perspectiva multi e transdisciplinar, o número 62 do Caderno de Letras tem por objetivo articular as reflexões produzidas no campo dos estudos da linguagem que se pautam nos direitos linguísticos e contribuem para o combate à desigualdade social na atualidade, considerando os estreitos laços entre linguagem, política e sociedade. Nortearemos essa edição nas propostas de análise teórica e crítica, bem como nos estudos aplicados que abordam questões relacionadas às línguas em diferentes situações sociopolíticas e históricas: estratégias de padronização; políticas de letramento intercultural e de espaços para as diversas línguas, políticas linguísti cas para a internacionalização acadêmica e os desafios da sociedade do conhecimento.

  • O bem e o mal no espelho da literatura latino-americana
    v. 32 n. 63 (2021)

    Frente ao fascínio exercido pelo bem e pelo mal, a literatura posicionou-se desempenhando um papel chave tanto nas formas de sua representação e imaginação quanto na busca de suas origens e das relações entre um e outro. Certamente pode observar-se historicamente quando o pêndulo inclina-se para o campo do mal. Na Antiguidade surge o poeta vates refletido no Phaidros de Platão, que em um ato de alienação programática se converterá na imagem do poeta representado pelo diabo. Partindo da hipótese de que o mal funciona desde o fim do século XVIII como objeto demonstrativo para criar suspense incluindo o efeito assustador como sinal para chamar a atenção, além de gerar sensação ou estímulo, enfocamos o discurso literário latino-americano desde A hora de estrela (1977) de Clarice Lispector a Roberto Bolaño, até a novíssima safra próxima de 2020. Na América Latina o género literário predestinado para tratar do mal - o romance policial – não tinha peso até que Jorge Luis Borges e Adolfo Bioy Casares prepararam a coleção Los mejores cuentos policiales para a editora argentina Emecé e Bioy Casares publicou La invención de Morel (1973). Abertos a leituras e releituras de cunhos diferentes, desde a semiótica até a sintomática, propomos uma pergunta central de perspectiva dupla: O que separa o bem e o mal no espelho da literatura e no discurso literário? E frisamos a proposta do crítico literário romanista alemão Harald Weinrich sobre o que chamava ‘a love affair” entre linguagem e literatura. Sua hipótese: a linguagem sem a ‘cultura da linguagem” (Leibniz) tem algo de monstruoso”.

  • Poesia no mundo
    v. 31 n. 61 (2020)

    A poesia contemporânea: questões e tensões. Formas de produção, circulação e recepção. Performances, livros e web. Práticas líricas e seu cruzamento com outras artes. Marcas da linguagem poética e questões teórico-críticas referentes. Poesia na escola e em outros espaços sociais como formação, transformação e participação política. A visibilidade da poesia, sua intervenção e diálogos. Ensino e crítica de poesia: experiências e projetos.

  • Teatro e memória
    v. 31 n. 60 (2020)

  • Discurso político: processos de significação em tempos de fake news
    v. 30 n. 59 (2019)

    2º sem.: ago. - dez. 2019
    Data da publicação: 17 dez. 2019
  • A representação da natureza na literatura
    v. 29 n. 58 (2019)

    1º sem.: jan.-jun. 2019
    Data da publicação: 28 jun. 2019
  • Análise do Discurso: estudos sobre políticas e práticas no cenário da Educação Pública Brasileira
    v. 28 n. 57 (2018)

    2º sem.: jul.-dez. 2018
    Data da publicação: 26 dez. 2018
  • Estudos Clássicos
    v. 28 n. 56 (2018)

    1º sem.: jan.-jun. 2018
    Data da publicação: 24 jul. 2018
  • Conexão de orações
    v. 27 n. 55 (2017)

    2º sem.: jul.-dez. 2017 Data da publicação: 13 dez. 2017
  • Linguagens em rede
    v. 27 n. 54 (2017)

    1º sem.: jan.-jun. 2017
    Data da publicação: 30 jun. 2017

  • Línguas e culturas em contato
    v. 26 n. 53 (2016)

    2º sem.: jul.-dez. 2016
    Data da publicação: 15 jan. 2017 

  • Capa Cadernos de Letras nº 52

    A crise da leitura e a formação do leitor
    v. 26 n. 52 (2016)

    1º sem.: jan.-jun. 2016
    Data da publicação: 09 jul. 2016
  • Variação linguística e práticas pedagógicas
    v. 25 n. 51 (2015)

    2º sem.: jul.-dez. 2015
    Data da publicação: 13 jan. 2016
  • Literaturas de Língua Portuguesa em diálogo
    v. 25 n. 50 (2015)

    1º sem.: jan.-jun. 2015
    Data da publicação: 09 ago. 2015
  • Anáfora e correferência: temas, teorias e métodos
    v. 24 n. 49 (2014)

    2º sem.: jul.-dez. 2014
    Data da publicação: 30 dez. 2014
  • Tradução
    v. 24 n. 48 (2014)

    1º sem.: jan.-jun. 2014
    Data da publicação: 30 jul. 2014
  • Capa Cadernos de Letras nº 47

    Língua em uso
    v. 23 n. 47 (2013)

    2º sem.: jul.-dez. 2013
    Data da publicação: 30 dez. 2013
  • O lugar da teoria nos estudos linguísticos e literários
    v. 23 n. 46 (2013)

    1º sem.: jan.-jun. 2013
    Data da publicação: 30 jul. 2013
  • América Central e Caribe: múltiplos olhares
    v. 22 n. 45 (2012)

    2º sem.: jul.-dez. 2012
    Data da publicação: 30 dez. 2012