ASPECTOS DA VIAGEM DE FORMAÇÃO DA PROFESSORA MARIA GUILHERMINA LOUREIRO DE ANDRADE AOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA (1883-1887)

Autores

  • Vinicius Monção USP

Palavras-chave:

Viagem pedagógica, Formação docente, Maria Guilhermina Loureiro de Andrade

Resumo

O artigo analisa a trajetória de formação profissional da professora Maria Guilhermina Loureiro de Andrade na cidade de Nova York, entre os anos 1883 e 1887. Para isso, nos utilizamos de um corpus documental variado, a partir da perspectiva dos paradigmas indiciários e das redes de sociabilidade. Como resultado foi possível identificar aspectos teóricos e pedagógicos presentes atuação profissional da professora após seu regresso ao Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vinicius Monção, USP

Doutorado em Educação

Referências

ADLER. Felix. The moral instruction of children. New York: Appleton and Company, 1895.

ALMEIDA, Jane Soares de. Missionárias norte-americanas na educação brasileira: vestígios de sua passagem nas escolas de São Paulo no século XIX. Revista Brasileira de Educação. v. 12, n.º 35 maio/ago. 2007. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbedu/v12n35/a12v1235.pdf. Acesso em: 6/11/2018.

ALMEIDA, Rute Sampaio. Vozes femininas no início do protestantismo brasileiro: escravidão, império, religião e papel feminino. São Paulo: Ed. Hagnos, 2014.

ALMANAK LAEMMERT. Rio de Janeiro: tipografia Companhia Tipográfica do Brasil, período: 1870 – 1885 (Hemeroteca Digital Fundação Biblioteca Nacional)

ANDRADE, Maria Guilhermina Loureiro de. Cultura de Kindergarten: Lições sobre objetos (I). A Instrução Pública. Rio de Janeiro, 7 de novembro de 1887, ano V, n.º 9, p. 68-69.

ARQUIVO GERAL DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO. Série Instrução Pública. Códice:12.4.12 (Setor de manuscritos – Arquivo Geral da Cidade do Rio de Janeiro).

BANDEIRA FILHO, Antônio Herculano de Souza. O Jardim infantil: sua natureza, seu fim e seus meios de ação. Relatório apresentado ao Governo pelo Dr. A. H. de Souza Bandeira Filho. Inspetor Geral da Instrução Primária e Secundária do Município da Corte. Rio de Janeiro: Tipografia Nacional, 1882.

BASTOS, Maria Helena Câmara. O Kindergarten ou Jardim de Infância por Maria Guilhermina Loureiro de Andrade (1888). Revista História da Educação. v.12, n.24, jan/abr, 2008, p.259-268. Disponível em: <http://seer.ufrgs.br/asphe/article/viewFile/29252/pdf>. Acesso em: 10/06/2014.

BRANDÃO, Helena Câmara Lacé, et al. A história da iluminação elétrica nas residências cariocas no início do século XX registrada na moradia de Rui Barbosa. Revista Escritos. n.º 7, 2013, p. 213-228. Disponível em: http://www.casaruibarbosa.gov.br/escritos/numero07/artigo08.php. Acesso em:14/12/2016.

BRASIL. Decreto n.º 6729, de 10 de novembro de 1877. Autoriza a celebração de contracto para a navegação entre o porto do Rio de Janeiro e o de New-York com escalas. Disponível em: http://www2.camara.leg.br/legin/fed/decret/1824-1899/decreto-6729-10-novembro-1877-549332-publicacaooriginal-64768-pe.html. Acesso em: 19/12/2016.

CHALHOUB, Sidney. Trabalho, lar e botequim. Campinas: Editora Unicamp, 2012a.

__________. A força da escravidão: ilegalidade e costume no Brasil oitocentista. São Paulo: Companhia das Letras, 2012b.

CHAMON, Carla Simone. Maria Guilhermina Loureiro de Andrade. A trajetória profissional de uma educadora (1864-1916). Belo Horizonte, MG: UFMG, 2005, 373f. Tese (Doutorado em Educação), Universidade Federal de Minas Gerais.

__________. Escolas em reforma, saberes em trânsito: a trajetória de Maria Guilhermina Loureiro de Andrade (1869-1913). Belo Horizonte: Autêntica, 2008.

__________; FARIA FILHO, Luciano Mendes de. A educação como problema, a América como destino: a experiência de Maria Guilhermina. MIGNOT, Ana Chrystina Venancio; GONDRA, José Gonçalves (orgs.). Viagens pedagógicas. São Paulo. Ed. Cortez, 2007, p. 39-64.

CHRONICLING AMERICAN. About the New York Tribune. Disponível em: http://chroniclingamerica.loc.gov/lccn/sn83030214/. Acesso em 10/1/2017.

COSTA, Ana Luiza Jesus da. O educar-se das classes populares oitocentistas no Rio de Janeiro: entre a escolarização e a experiência. São Paulo. (Doutorado em Educação) - Universidade do Estado de São Paulo, 2012.

________. Educação e formação da classe trabalhadora no Rio de Janeiro entre as últimas décadas do século XIX e os primeiros anos do século XX. Revista brasileira de História da Educação, Maringá-PR, v. 16, n.º 4 (43), p. 123-154, out./dez, 2016. Disponível em: https://search.proquest.com/openview/592521f023d805ddc546c9ac8431edec/1?pq-origsite=gscholar&cbl=2037646. Acesso em: 6/11/2018.

ENCICLOPAEDIA BRITANNICA. Elizabeth Palmer Peabody, american educator. 2015. Disponível em: https://global.britannica.com/biography/Elizabeth-Palmer-Peabody. Acesso em: 13/12/2016.

FARIAS, Juliana Barreto. Mercados Minas: africanos ocidentais na Praça do Mercado do Rio de Janeiro (1830-1890). Rio de Janeiro: Prefeitura do Rio de Janeiro/Arquivo Geral da Cidade, 2015.

FRAGOSO, João. Capitão Manuel Pimenta Sampaio, senhor do engenho do Rio Grande, neto de conquistadores e compadre de João Soares, pardo: notas de uma hierarquia social costumeira (Rio de Janeiro, 1700-1760). FRAGOSO, João; GOUVÊA, Maria de Fátima (orgs.). Na trama das redes: política e negócio no império português, séculos XVI-XVIII. Rio de Janeiro: Editora Civilização Brasileira, 2010, p. 243-294.

FRAGOSO, João & GOUVÊA, Maria de Fátima. Desenhando perspectivas e ampliando abordagens – de o antigo regime nos trópicos a na trama das redes. In: FRAGOSO, João & GOUVÊA, Maria de Fátima (orgs.). Na trama das Redes: política e negócio no império português, séculos XVI-XVIII. Rio de Janeiro. Editora Civilização Brasileira, 2010.

GINZBURG, Carlo. Mitos, emblemas, sinais: morfologia e história. São Paulo: Companhia das Letras, 1989.

GOULARTI FILHO, Alcides. Abertura da navegação de cabotagem brasileira no século XIX. In: ENCONTRO REGIONAL DE ECONOMIA - ANPEC SUL, XIII. Porto Alegre, Rio Grande do Sul. Anais do XIII Encontro Regional de Economia, Porto Alegre, UFRGS, 2010, s/p. Disponível em: http://www.ppge.ufrgs.br/anpecsul2010/artigos/31.pdf. Acesso em: 11/08/2016.

GOUVÊA, Maria de Fátima. Redes governativas portuguesas e centralidades régias no mundo português, c. 1680-1730. In: FRAGOSO, João & GOUVÊA, Maria de Fátima (orgs.). Na trama das Redes: política e negócio no império português, séculos XVI-XVIII. Rio de Janeiro. Editora Civilização Brasileira, 2010.

HARRIS, Willian. Apresentação da The Internacional Education Series. in: ADLER. Felix. The moral instruction of childen. New York: Appleton and Company, 1895.

HILSDORF, Maria Lucia. Educadoras metodistas no século XIX: uma abordagem do ponto de vista da História da Educação. Revista de Educação do COGEIME. n.º 20, junho, 2002. Disponível em: https://www.redemetodista.edu.br/revistas/revistas-cogeime/index.php/COGEIME/article/viewFile/576/522. Acesso em: 6/11/2018.

JEHA, Silvana Cassab. Anphitheatrical Rio! Marítimos americanos na baía do Rio de Janeiro. Século XIX. Almanak Guarulhos, n.º 6, 2o semestre de 2013, p. 110-132. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S2236-46332013000200110&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 6/11/2018.

JORNAL DO COMMERCIO Rio de Janeiro: tipografia própria, período 1870-1886. (Hemeroteca Digital da Fundação Biblioteca Nacional – PR – SPR 00001).

KRAUS-BOELTE, Maria; KRAUS, John. The kindergarten guide, 1881.

LEITE, Miriam Lifchitz Moreira. Livros de viagem (1803/1900). Rio de Janeiro: Ed. UFRJ. 1997.

______________. Mulheres viajantes no século XIX. Cadernos Pagu. n.º 15, 2000, p. 129-143. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cadpagu/article/view/8635570/3359. Acesso em: 6/11/2018.

LIBRARY OF COLUMBIA. Nicolas Murray Butler. Disponível em: http://library.columbia.edu/locations/cuarchives/presidents/butler_nicholas.html. Acesso em 23/8/2017.

LIST OF PASSENGERS. District of the city of New York, Port of New York. M 237. Ano: 1820-1897. Rolo, 468

MARCONDES, Renato Leite. O mercado brasileiro de século XIX: uma visão por meio do comércio de cabotagem. Revista de Economia Política, vol. 32, n.º 1 (126) jan./mar. 2012, p. 142-166. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rep/v32n1/09.pdf. Acesso em: 6/11/2018.

MATOS, Alderi Souza de. “Para Memória sua”: A Participação da Mulher nos Primórdios do Presbiterianismo no Brasil. 1998. Disponível em: http://www.mackenzie.br/7164.html. Acesso em 25/9/2016.

xxx. Maria Guilhermina Loureiro de Andrade nas redes do Kindergarten. Rio de Janeiro, RJ: UFRJ, 2018, 226f. Tese (Doutorado em Educação), Universidade Federal do Rio de Janeiro.

______________. Viajar para aprender. Maria Guilhermina Loureiro de Andrade e sua viagem à cidade de Nova York (1883-1887). In: SEMINÁRIO NACIONAL DO HISTEDBR, X, Campinas. Anais do X Seminário Nacional do HISTEDBR: 30 anos do HISTEDBR (1989-2016). Contribuições para a história e historiografia da educação brasileira. UNICAMP, 2016a, s/p. Disponível em: https://www.fe.unicamp.br/eventos/ged/histedbr2016/xhistedbr/paper/viewFile/900/221. Acesso em: 19/12/2016.

______________. Mulheres conectadas, mulheres em rede. Possibilidade de abordagem para a construção de pesquisas em história da educação. In: ENCUENTRO INTERNACIONAL DE HISTORIA DE LA EDUCACIÓN, XIV, Aguascalientes, México. Anais do XIV Encuentro Internacional de Historia de la Educación. Historia, narrativa y memoria de la educación: magisterio, reforma y conflictos. UAA, 2016b. Disponível em: https://www.academia.edu/29979072/Mulheres_conectadas_mulheres_em_rede._Possibilidade_de_abordagem_para_a_constru%C3%A7%C3%A3o_de_pesquisas_em_hist%C3%B3ria_da_educa%C3%A7%C3%A3o. Acesso em: 19/12/2016.

______________. O protagonismo de três mulheres na difusão dos jardins de infância nos Estados Unidos da América na segunda metade do século XIX. Revista Contemporânea de Educação. v. 12, n.º 25, 2017, p. 420-437. Disponível em: https://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:2pOnj_Z_UEQJ:https://revistas.ufrj.br/index.php/rce/article/view/9317+&cd=1&hl=pt-BR&ct=clnk&gl=br. Acesso em: 6/11/2018.

NEW YORK SOCIETY FOR ETHICAL CULTURE. Our Founder. Disponível em: http://www.nysec.org/felixadler. Acesso em 25/8/2017.

NEW-YORK TRIBUNE. Nova York: tipografia própria, período: 1894 (Chronicling American. Historic American Newspapers)

O ESTADO DE SÃO PAULO. São Paulo: tipografia própria, período: 1890 (Hemeroteca Digital do jornal O Estado de São Paulo)

RAGO, Elisabeth Juliska. A ruptura do mundo masculino da medicina: médicas brasileiras no século XIX. Cadernos Pagu, n, 15, 2000, p. 199-225. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cadpagu/article/view/8635577. Acesso em: 6/11/2018.

RESIDENTS OF HULL-HOUSE A SOCIAL SETTLEMENT. Hull-House Maps and Papers: A Presentation of Nationalities and Wages in a Congested District of Chicago, Together with Comments and Essays on Problems Growing Out of the Social Conditions. New York: Thomas V. Crowell Co., 1895.

SCHELBAUER, Analete Regina. Verbete: Método de Ensino Intuitivo. 2005. Disponível em: http://www.histedbr.fe.unicamp.br/navegando/glossario/verb_c_metodo_de_ensino_intuitivo2.htm. Acesso em: 28/9/2016.

SCHUELER, Alessandra F. M. CHAMON, Carla Simone; VAZQUEZ, Gabriel. Ensinar História na escola primária oitocentista: o resumo da História do Brasil, de Maria Guilhermina Loureiro de Andrade. Revista Gênero. v .11, n.º 1, segundo semestre/2010, p. 15-34. Disponível em: http://www.revistagenero.uff.br/index.php/revistagenero/article/view/39/24. Acesso em: 19/12/2016.

SIRINELLI, Jean-François. Os intelectuais. RÉMOND, René (Org.). Por uma história política. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2003.

TEIXEIRA, Gisele Baptista. A imprensa pedagógica no Rio de Janeiro: os jornais e as revistas como agentes construtores da escola (1870-1919). Tese (Doutorado em Educação). Niterói: UFF, 350 fls. Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal Fluminense, 2016.

TERRA, Paulo Cruz. Cidadania e trabalhadores: cocheiros e carroceiros no Rio de Janeiro (1870-1906). Niterói, RJ: UFF, 2012, 324f. (Tese) Doutorado em História, Universidade Federal Fluminense.

THE NEW YORK TIMES. Nova York: tipografia própria, período: 1884 (Hemeroteca Digital The New York Times)

NEW-YORK TRIBUNE. Nova York: tipografia própria, período: 1894 (Chronicling American. Historic American Newspapers)

THE NOBEL PRIZE. Nicholas Murray Butler - Biographical. Disponível em: http://www.nobelprize.org/nobel_prizes/peace/laureates/1931/butler-bio.html, acesso em 23/8/2017.

THOMPSON, Edward Palmer. Costumes em comum: estudos sobre a cultura popular e tradicional. São Paulo: Companhia das Letras, 2011.

VELHO, Gilberto. Projeto e metamorfose. Rio de Janeiro: Zahar, 1994.

VIANA, Bruno César Brito; LIMA, Maria Érica de Oliveira. The New York Times: notícias que fazem história. Revista Temática. n.º 2, fevereiro/2011. Disponível em: http://www.insite.pro.br/2011/fevereiro/nyt_noticias_historia.pdf. Acesso em: 6/11/2018.

VIDAL, Diana Gonçalves. Escola pública e método intuitivo: aspectos de uma história conectada. In: LOMBRADI, José Claudinei; SAVIANI, Dermeval; NASCIMENTO, Maria Isabel (orgs.). A escola pública no Brasil: história e historiografia. Campinas, SP: Autores Associados: HISTEDBR, 2005.

YOUR DICTIONARY. Felix Adler. Disponível em: Felix Adler. Acesso em 25/8/2017.

WARDE, Miriam Jorge. Americanismo e educação: um ensaio no espelho. São Paulo em Perspectiva. vol. 14, n.º 2, 2000, p. 37-43. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-88392000000200006. Acesso em: 6/11/2018.

________________. ROCHA, A. C. S. M. Feminização do magistério e masculinização do comando educacional: estudos no Teachers College da Universidade de Columbia (1927-1935). Educar em Revista, Curitiba, Brasil, v. 34, n.º 70, p. 35-50, jul./ago, 2018. Disponível em: https://revistas.ufpr.br/educar/article/view/58725/35896. Acesso em: 16/8/2018.

WEID, Elisabeth von der. As primeiras intervenções tecnológicas no espaço urbano. Rio de Janeiro - séculos XVIII - XIX. SIMPÓSIO NACIONAL DE HISTÓRIA - ANPUH, XXII, JOÃO PESSOA. Anais do XXII Simpósio Nacional de História. UFPB, 2003. Disponível em: http://anais.anpuh.org/wp-content/uploads/mp/pdf/ANPUH.S22.2 05.pdf. Acesso em 10/12/2016.

Downloads

Publicado

2022-02-16

Como Citar

Monção, V. (2022). ASPECTOS DA VIAGEM DE FORMAÇÃO DA PROFESSORA MARIA GUILHERMINA LOUREIRO DE ANDRADE AOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA (1883-1887). RevistAleph, 1(38). Recuperado de https://periodicos.uff.br/revistaleph/article/view/51239