Duas trajetórias: a memória do movimento feminista no Brasil (fins da década de 1960 aos anos 1980)

Cecília Chagas de Mesquita, Flávia Cópio Esteves

Resumo


A partir das discussões levantadas pelo emprego de fontes orais em História, o objetivo deste trabalho consiste em investigar possibilidades de análise abertas através de entrevistas realizadas com duas integrantes do Centro da Mulher Brasileira, mulheres que desempenharam um papel de destaque dentro do movimento feminista no Brasil nas décadas de 60 e 70. Observase que o diálogo que se estabelece entre as trajetórias pessoais de ambas as militantes e o próprio desenvolvimento do movimento feminista no Brasil fornece elementos importantes para se pensar ideais e reivindicações de tais lutas. Desta forma, a idéia central consiste em buscar em seus depoimentos dados sobre sua vida familiar e profissional, o modo como viam a situaçãofeminina, como avaliam o movimento feminista e se viam dentro dele, tentando compreender o significado deste feminismo para uma redefinição das relações de gênero.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.