Guerra, contestação e quadrinhos: o conflito do Vietnã por meio das War stories

Fábio Vieira Guerra

Resumo


Este trabalho propõe problematizar os aspectos sociais e políticos que envolveram a Guerra do Vietnã e seu impacto sobre a sociedade estadunidense. Para isso, utilizo as histórias em quadrinhos da editora Marvel Comics - sobretudo do personagem Homem de ferro - como fonte para perceber os conflitos e as mudanças ocorridas nesta sociedade. As histórias em quadrinhos de super-heróis, particularmente nos EUA, sempre apareceram como representação do imaginário americano, independentemente do período retratado. Desse modo, as imagens são usadas para expressar, impor e legitimar um poder, e também as mesmas imagens são apropriadas para mudar, rejeitar e deslegitimar esse poder. Assim, podemos considerar as histórias em quadrinhos como uma nova fonte de estudo para historiadores para problematizar temas pouco trabalhados pela historiografia tradicional, bem como desenvolver abordagens pouco convencionais


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.