AULA DE CAMPO NA FLORESTA NACIONAL DE PACOTUBA (ES): APRENDIZAGEM COLABORATIVA NA FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS DA NATUREZA

Carlos Roberto Pires Campos, Marcelo Scabelo Silva, Vasty Veruska Ferraz, Juliana Conde Conde, Fernando Pinto Lopes

Resumo


O trabalho buscou analisar as potencialidades pedagógicas da aula de campo na formação continuada de professores de ciências da natureza, tomando-a como metodologia de ensino, focando suas contribuições para a aprendizagem colaborativa e para a educação ambiental. As aulas de campo tiveram a duração de dois dias e foram empreendidas na Floresta Nacional de Pacotuba, sul do Estado do Espírito Santo. Trata-se de uma investigação qualitativa, do tipo estudo de caso, cujos dados emergiram das observações sistemáticas, anotações nos diários de bordo, relatos orais e entrevistas. As aulas de campo favoreceram o debate crítico e interdisciplinar de uma série de conteúdos de ciências da natureza, promovendo a superação da fragmentação do conhecimento científico.  Os dados obtidos revelaram o potencial motivador das aulas de campo, permitindo a integração dos vários tipos de conhecimento necessários à construção do conhecimento científico, favorecendo o trabalho em grupo e a abordagem interdisciplinar dos temas sociocientíficos. 


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/resa2018.v11i3.a21548

Apontamentos

  • Não há apontamentos.