Percepções e informações das mães sobre a cirurgia de seus filhos

Camilla Volpato Broering, Maria Aparecida Crepaldi

Resumo


Este artigo tem por objetivo apresentar os resultados de uma pesquisa que avaliou as percepções e informações das mães sobre a cirurgia de seus filhos. A pesquisa foi realizada com 30 participantes, acompanhantes de crianças com idade variando entre 6 e 12 anos, internadas num hospital infantil para a realização de cirurgia eletiva de pequeno porte. As intervenções cirúrgicas foram: hérnias umbilical e inguinal, amigdalectomia, adenoidectomia e postectomia. Foi utilizada uma entrevista com os acompanhantes antes da cirurgia e antes de qualquer preparação. Os resultados indicaram que a falta de informação provoca nas mães medo, angústia, além de estresse e ansiedade, visto que houve indicativos consideráveis em relação a estas ocorrências. As implicações práticas dos resultados deste estudo salientam a importância da preparação da criança e da família para as diferentes etapas de um procedimento cirúrgico, que vão desde a decisão de se fazer a cirurgia até os resultados após a sua preparação.


Palavras-chave


cirurgia na infância; mãe-acompanhante; psicologia pediátrica

Texto completo:

PDF

Referências


BARAKAT, L. P. et al. Evaluation of social-skills training group intervention with children treated for brain tumors: a pilot study. Journal of Pediatric Psychology, v. 28, n. 5, p. 299-307, 2003.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Tradução de Luís Antero Reto e Augusto Pinheiro. Lisboa: Edições 70, 1977.

BESS D’ALCANTARA, E. Criança hospitalizada: o impacto do ambiente hospitalar no seu equilíbrio emocional. Revista Virtual de Psicologia Hospitalar e da Saúde, Belo Horizonte, v. 3, n. 6, p. 38-55, 2008.

BROERING, C. V.; CREPALDI, M. A. Preparação psicológica para a cirurgia em pediatria: importância, técnicas e limitações. Paidéia, Ribeirão Preto, v. 18, n. 39, p. 61-72, 2008. doi: http://dx.doi.org/10.1590/S0103-863X2008000100007

COSTA JR., A. L. Psico-oncologia e manejo de procedimentos invasivos em Oncologia pediátrica: uma revisão de literatura. Psicologia: Reflexão e Crítica, v. 12, n. 1, p. 107-118, 1999. doi: http://dx.doi.org/10.1590/S0102-79721999000100007

CREPALDI, M. A. Hospitalização na Infância: representações sociais da família sobre doenças e a hospitalização de seus filhos. Taubaté: Cabral Editora Universitária, 1999.

CREPALDI, M. A.; HACKBARTH, I. D. Aspectos psicológicos de crianças hospitalizadas em situação pré-cirúrgica. Temas em Psicologia da SBP, v. 10, n. 2, p. 99-112, ago. 2002. Disponível em: . Acesso em: 20 fev. 2015.

CREPALDI, M. A.; RABUSKE, M. M.; GABARRA, L. M. Modalidades de atuação do psicólogo em psicologia pediátrica. In: CREPALDI, M. A.; LINHARES, B. M.; PEROSA, G. B. (Org.). Temas em Psicologia Pediátrica. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2006. p. 13-56.

CUZZOCREA, F. et al. A psychological preoperative program: effects on anxiety and cooperative behaviors. Pediatric Anesthesia, v. 23, n. 2, p. 139-143, 2013. doi: https://doi.org/10.1111/pan.12100

DROTAR, D. Enhancing reviews of psychological treatments with pediatric populations: thoughts on next steps. Journal of Pediatrics Psychology, v. 27, n. 2, p. 167-176, 2002.

ERICKSON, S. J.; GERSTLE, M.; FELDSTEIN, S.W. Brief interventions and motivacional interviewing with children, adolescents and their parents in pediatric health care settings. Arch Pediatric Adolesc Med., v. 159, n. 12, p. 1173-1180, 2005. doi: https://doi.org/10.1001/archpedi.159.12.1173

FAQUINELLO, P.; COLLET, N. Vínculo afetivo mãe/criança na unidade de alojamento conjunto pediátrico. Revista Gaúcha de Enfermagem, Porto Alegre, v. 24, n. 3, p. 294-304, dez. 2003.

FAQUINELO, P.; HIGARASHI, I. H.; MARCON, S. S. O atendimento humanizado em unidade pediátrica: percepção do acompanhante da criança hospitalizada. Texto e Contexto Enferm., v. 16, n. 4, p. 609-616, out./dez. 2007. doi: http://dx.doi.org/10.1590/S0104-07072007000400004

FERNANDES, S. C.; ARRIAGA, P.; ESTEVES, F. Providing preoperative information for children undergoing surgery: a randomized study testing different types of educational material to reduce children’s preoperative worries. Health Education Research, v. 29, n. 6, p. 1058-1076, 2014. doi: https://doi.org/10.1093/her/cyu066

FERNANDES, S. C.; ARRIAGA, P.; ESTEVES F. Using an Educational Multimedia Application to Prepare Children for Outpatient Surgeries. Health Communication, v. 30, n. 12, p. 1190-1200, 2015. doi: https://doi.org/10.1080/10410236.2014.896446

FIGHERA, J.; VIERO, E. V. Vivências do paciente com relação ao procedimento cirúrgico: fantasias e sentimentos mais presentes. Revista Brasileira de Psicologia Hospitalar, v. 8, n. 2, p. 51-63, 2005. Disponível em: . Acesso em: 23 fev. 2015.

GABARRA, L. M. Crianças hospitalizadas com doenças crônicas: a compreensão da doença. 2005. 228 f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-graduação em Psicologia da Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis. Disponível em: . Acesso em: 23 fev. 2015.

GUIMARÃES, S. S. Psicologia da saúde e doenças crônicas. In: KERBAUY, R. R. (Org.). Comportamento e Saúde: explorando alternativas. Santo André: ARBytes, 1999. p. 22-45.

HACKBARTH, I. D. Fantasias de crianças frente à cirurgia. 2000. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização) – Psicologia da Saúde, Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí.

JACOB, Y.; BOUSSO, R. S. Validação de um modelo teórico usado no cuidado com a família que tem um filho com cardiopatia. Rev. Esc. Enfermagem, USP, v. 40, n. 3, 374-380, set. 2006. doi: http://dx.doi.org/10.1590/S0080-62342006000300009

KAZAAK, A. E. et al. Treatment of posttraumatic stress symptoms in adolescent survivors of childhood cancer and their families: a randomized clinical trial. Journal of Family Psychology, v. 18, n. 3, p. 493-504, 2004. doi: http://dx.doi.org/10.1037/0893-3200.18.3.493

LI, H. C. W.; LOPEZ, V.; LEE, L. T. Psychoeducational preparation of children for surgery: the importance of parental involvement. Patient Education and Counseling, v. 65, n. 1, p. 34-41, 2007. doi: http://dx.doi.org/10.1016/j.pec.2006.04.009

MELAMED, B.; SIEGEL, L. Reduction of anxiety in children facing hospitalization and surgery by use of filmed modelling. Journal of Consulting and Clinical Psychology, v. 43, n. 4, p. 511-521, 1975.

MIYAZAKI, M. C. O.; AMARAL, V. L. A. R.; SALOMÃO, J. B. Asma na infância: dificuldades no manejo da doença e problemas comportamentais. In: KERBAUY, R. R. (Org.). Comportamento e Saúde: explorando alternativas. Santo André: ARBytes, 1999. p. 99-118.

MOIX, J. Preparación psicológica para la cirurgia en pediatria. Archivos de Pediatria, v. 47, n. 4, p. 211-217, 1996.

O’SULLIVAN, M.; WONG, G. K. Preinduction techniques to relieve anxiety in children undergoing general anaesthesia. Continuing Education in Anaesthesia, Critical Care & Pain, v. 13, n. 6, p. 196-199, dec., 2013. doi: https://doi.org/10.1093/bjaceaccp/mkt014

PAI, A. L. H. et al. A meta-analysis of the effects of psychological interventions in Pediatric Oncology on outcomes of psychological distress and adjustment. Journal of Pediatric Psychology, v. 31, n. 9, p. 977-988, 2006. doi: https://doi.org/10.1093/jpepsy/jsj109

PAI, M. S. et al. The experiences of mothers of pediatric surgery children: a qualitative analysis. Journal of Pediatric Nursing, v. 23, n. 6, p. 479-489, 2008. doi: https://doi.org/10.1016/j.pedn.2007.08.016

RICE, M. et. al. The effect of preoperative education programme on perioperative anxiety in children: an observational study. Pediatric Anesthesia, v. 18, n. 5, p. 426-430, 2008. doi: C:Userssergio_sant_anaDocumentsfractal30.110.1111j.1460-9592.2008.02490.x

SABATÉS, A. L.; BORBA, R. I. H. As informações recebidas pelos pais durante a hospitalização do filho. Revista Latino-Americana de Enfermagem, v. 13, n. 6, p. 963-973, 2005. doi: http://dx.doi.org/10.1590/S0104-11692005000600008

SAHLER, O. J. Z. et al. Using problem solving skills training to reduce negative affectivity in mothers of children with newly diagnostic cancer: report of a multisite randomized trial. Journal of Consulting and Clinical Psychology, v. 73, n. 2, p. 272-283, 2005. doi: https://doi.org/10.1037/0022-006X.73.2.272

SALMON, K. Preparing young children for medical procedures: taking account of memory. Journal of Pediatric Psychology, v. 31, n. 8, p. 859-861, 2006. doi: https://doi.org/10.1093/jpepsy/jsj072

SCATOLLIN, I. et al. Desenvolvimento da atenção integral à criança com fibrose cística. In: CECCIM, R. B.; CARVALHO, P. R. A. (Org.). Criança hospitalizada: atenção integral como escuta à vida. Porto Alegre: UFRGS, 1997. p. 91-95.

SEBASTIANI, R. W. Atendimento psicológico à Ortopedia. In: CAMON, V. A. A. (Org.). Psicologia Hospitalar: a atuação do psicólogo no contexto hospitalar. São Paulo: Traço, 1984. p. 58-67. Série Psicoterapias Alternativas.

SOBO, E. J. Parents’ perceptions of pediatric day surgery risks: unforeseeable complications, or avoidable mistakes? Social Science & Medicine, v. 60, n. 10, p. 2341-2350, 2005. doi: https://doi.org/10.1016/j.socscimed.2004.10.006

TRINCA, A. M. T. A intervenção terapêutica breve e a pré-cirurgia infantil: o procedimento de desenhos-estórias como instrumento de intermediação terapêutica. São Paulo: Vetor, 2003.

UMAN, L. S. et al. A systematic review of randomized controlled trials examining psychological interventions for needle-related procedural pain and distress in children and adolescents: an abbreviated Cochrane Review. Journal of Pediatric Psychology, v. 33, n. 8, p. 842-854, sept. 2008. doi: https://doi.org/10.1093/jpepsy/jsn031

YAMADA, M. O.; BEVILACQUA, M. C. O trabalho do psicólogo no programa de implante coclear do Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais. Estudos de Psicologia, Campinas, v. 22, n. 3, p. 255-262, sept. 2005. doi: http://dx.doi.org/10.1590/S0103-166X2005000300004

ZAMO, C. G. S. O cuidado: terapia de Enfermagem na Pediatria. In: CECCIM, R. B.; CARVALHO, P. R. A. (Org.). Criança hospitalizada: atenção integral como escuta à vida. Porto Alegre: UFRGS, 1997. p. 176-181.




DOI: https://doi.org/10.22409/1984-0292/v30i1/1434

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


URL da licença: https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

 

Apoio:



Indexadores:



Arquivamento:



Facebook: