La opinión publica y sus problemas, de John Dewey

Vanessa Tavares Dias

Resumo


Em 1927, quando escreveu a obra La opinión pública y sus problemas, o filósofo John Dewey tinha como cenário as consequências da Primeira Guerra Mundial; a consolidação de um Estado comunista – sob a égide stalinista – na União Soviética; a emergência e consolidação das idéias nazi-fascistas espalhando-se pela Europa, além de outros prenúncios da Segunda Guerra. De nacionalidade estadunidense, viu de perto o seu país ascender como potência mundial, auxiliado pelo incremento dos meios de comunicação, que se tornavam cada vez mais instrumentos poderosos de dominação das massas. A indústria cultural passou a ser orquestrada, na visão do autor, para formar consumidores do lazer, afastando o homem das questões políticas importantes. Testemunha deste panorama de emergência de Estados autoritários e da impotência do público diante do processo político, o autor busca compreender em suas análises a incapacidade geral de submeter a vida social a um controle democrático.

Palavras-chave


John Dewey

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Estudos Políticos

 

 

 INDEXADORES E BASES:

  

   

 

       

AGÊNCIAS DE FOMENTO: