Informação sobre a REP

Resumo da Revista

Publicada desde 2010, a Revista Estudos Políticos - REP é um periódico em sistema de duplo-cego de avaliação por pares, cujo escopo multidisciplinar de ciência política, sociologia, antropologia, direito e filosofia. Com publicação semestral, traz artigos de autores nacionais e estrangeiros, seja em números organizados como compilação, seja sob a forma de dossiês temáticos, em que a unidade se verifica pela presença do elemento político nas análises e interpretações. Todos os números trazem, ainda, uma seção dedicada a entrevistas, ensaios e/ou críticas de arte, e uma seção dedicada a resenhas críticas de obras acadêmicas publicadas há até 2 (dois) anos.

REP tem como objetivo dar publicidade a trabalhos sobre temas clássicos das ciências humanas, sociais e sociais aplicadas, bem como sobre o debate contemporâneo, a fim de  contribuir para a circulação de ideias num espectro amplo de temas, desde a reflexão estética até a jurídica.

REP é uma publicação vinculada ao Programa de Pós-Graduação em Ciência Política da Universidade Federal Fluminense (PPGCP/UFF).

Foco e Escopo

O escopo da REP é multidisciplinar. Publicamos artigos das áreas de ciência política, sociologia, antropologia e direito, bem como textos que recorrem a perspectivas interdisciplinares. A unidade dos números se verifica pela presença do elemento político nas análises e interpretações.

Objetivo

REP tem como objetivo dar publicidade a trabalhos sobre temas clássicos das ciências humanas, sociais e sociais aplicadas, bem como sobre o debate contemporâneo, a fim de  contribuir para a circulação de ideias num espectro amplo de temas, desde a reflexão estética até a jurídica.

Avaliação da REP

Na prévia para o quadriênio que finda em 2024, a REP foi avaliada no estrato A4 pelo Qualis Periódicos CAPES. 

Indexação da REP

A Revista Estudos Políticos consta da lista de diversos indexadores de periódicos acadêmicos, o que garante maior visibilidade aos artigos, entrevistas e resenhas publicados pela REP. Verifique abaixo uma lista dos indexadores que incorporaram a REP a sua base de dados e clique nos enlaces para conhecer o perfil da revista.

Web of SciencePerfil REP
DiadorimPerfil REP
LatindexPerfil REP
Capes PeriódicosPerfil REP
Clase-BiblatPerfil REP
Sumarios.orgPerfil REP

Sistema de Avaliação

REP é um periódico em sistema de duplo-cego de avaliação por pares.

Periodicidade

Com publicação semestral, a REP traz artigos de autores nacionais e estrangeiros, seja em números organizados como compilação, seja sob a forma de dossiês temáticos. Assim, anualmente são publicados dois números, compostos de pelo menos 8 artigos cada, além de entrevistas e/ou ensaios e/ou críticas de arte, e resenhas. Tais números podem se compor de submissões recebidas em fluxo contínuo ou de artigos dirigidos à publicação em dossiês temáticos específicos.

Processo e Critérios Avaliação e Publicação

Para a publicação dos artigos são adotados critérios de mérito exclusivamente e processo de avaliação é idêntico para todos os artigos, inclusive para os encomendados pela Comissão Editorial. As etapas de avaliação são as seguintes.

Após a submissão, os artigo são submetidos a um parecer de pertinência (desk review). Neste momento, avalia-se acerca da adequação dos artigos à Política Editorial, ao Escopo e ao Objetivo REP. O prazo para o desk review é de até 30 dias, contados a partir da data de submissão, após o qual os autores receberão notícia sobre o resultado dessa primeira etapa.

O princípio de funcionamento da segunda etapa de avaliação dos manuscritos é o do duplo anonimato. Assim, os artigos aprovados na primeira etapa são submetidos a dois pareceristas  ad hoc. Uma terceira avaliação pode ser requerida caso os pareceres rivalizem. Da mesma forma, o texto pode ser reencaminhado para avaliação se for identificado conflito de interesse d e parte dos pareceristas. Nos casos de conflito de interesse de qualquer natureza (pessoal, comercial, política, acadêmica ou financeira) entre editores, revisores e autores, membros externos e imparciais são envolvidos no processo de avaliação. Os critérios de qualidade e rigor dos argumentos, validade dos dados, oportunidade e relevância para sua área de pesquisa, atualidade e adequação das referências guiam as avaliações dos artigos. Há quatro resultados possíveis da segunda etapa: aprovado para publicação sem modificaçõesaprovado para publicação condicionada a modificaçõesrevisar e ressubmeter, e recusado. O terceiro resultado não vincula a REP a publicar o texto se houver ressubmissão. Da mesma forma, a REP não aceitará ressubmissões se os dois pareceristas ad hoc indicarem revisar e ressubmeter ou se um dos pareceristas recusar o artigo e a comissão editorial julgar o parecer adequado.

REP encaminhará, em prazo aproximado de seis (6) meses, uma carta de decisão sobre o manuscrito recebido, anexando, conforme o caso, os devidos pareceres.

Os manuscritos aos quais forem atribuídos um parecer aprovado e um revisar e ressubmeter deverão ser enviados a REP, com as adequações correspondentes, em atédias (90) a contar da ciência dos pareceres pelo autor. Exaurido este prazo, os manuscritos serão retirados da pauta da Comissão Editorial. Artigos com parecer aprovado para publicação condicionada a modificações deverão ser revisados e ressubmetidos em até trinta (30) dias. A Comissão Editorial se reserva a possibilidade de sugerir novas modificações quanto ao conteúdo ou à forma, de modo a adequar o artigo ao perfil editorial ou gráfico da revista.

A revista não acolhe traduções de artigos não inéditos do próprio autor.

Dever de Reciprocidade

Entende-se que a submissão de artigos a serem avaliados sob o sistema de parecer duplo-cego por pares implica o compromisso do(a) autor(a) de responder da forma mais satisfatória possível às observações dos avaliadores. A REPaprecia o esforço da comunidade acadêmica de contribuir com seu trabalho para melhorar a qualidade da produção científica das ciências sociais no Brasil. Por isto, não submeterá aospareceristas manuscritos que tenham recebido parecer negativo em outra revista sem que os autores tenham realizado o esforço de responder às adequações indicadas nospareceres. Pelo mesmo motivo, a REP se reserva a liberdade de recusar artigos cuja reformulação desconsidere as sugestões dos pareceristas sem justificação razoável.

Da mesma forma, os autores que submetem artigos à REP assumem, ao fazê-lo, o compromisso de emitir pareceres. Neste sentido, a Comissão Editorial se reserva a liberdade de não encaminhar à segunda etapa de avaliação (duplo-cego por pares) artigos cujos autores reiteradamente declinam a colaboração como pareceristas quando convidados.

Boas Práticas Científicas

O periódico segue as diretrizes dos Códigos de Ética do Committee on Publication Ethics(COPE), do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico e da Fundação de Amparo  à Pesquisa do Estado de Rio de Janeiro.

Envio dos Manuscritos

A REP recebe submissões em regime de fluxo contínuo, mas também recebe artigos assinalados pela intenção específica de submetê-los à avaliação para publicação em dossiês temátic os.

Todas as submissões deverão ser feitas eletronicamente, através da plataforma da REP.

Política de Acesso Livre

REP não cobra pela submissão e processamento dos manuscritos.

Para submeter um manuscrito, os autores devem realizar o cadastro na plataforma, fornecer os dados solicitados e seguir as orientações recomendadas. Para tanto, será necessário apresentar o número de pesquisador. Para obtê-lo, é necessário realizar o cadastro na plataforma Open Researcher and Contributor ID (ORCID).

Ao submeter um manuscrito, os autores declaram sua propriedade intelectual sobre o texto e se comprometem com todas as práticas legais relativas à autoria. A submissão implica, ainda, na autorização plena, irrevogável e gratuita de sua publicação na REP, a qual se responsabiliza pela menção da autoria.

REP tem acesso aberto e não cobra pelo acesso aos artigos.

Orientando-se pelo princípio de que tornar público e disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico contribui para a democratização mundial do conhecimento, a REP adota a política de acesso livre e imediato ao seu conteúdo.

No mesmo sentido, a REP utiliza a licença CC-BY, Creative Commons, a qual autoriza que terceiros distribuam, remixem, adaptem e criem a partir do trabalho, inclusive para fins comerciais, desde que se reconheça e torne público o crédito da criação original.

Para mais informações, contatar a editora através do e-mail revistaestudospoliticos@gmail.com