O Conceito de Patrimonialismo e Suas Interpretações Contemporâneas

Hinnerk Bruhns

Resumo


 Tradução por Thiago Nasser

Os conceitos de patrimonialismo e neopatrimonialismo são associados à análise de certas formas de constructo estatal e governança em países tanto da África, como da América Latina e da Ásia. Para justificar o recurso ao conceito de patrimonialismo, refere-se geralmente a Max Weber, considerando-se, contudo, que essa noção deveria ser complementada pela de neopatrimonialismo, mais adequada a dar conta de certas particularidades de diferentes formas atuais do Estado. A partir deste pano de fundo, o autor examina a significação exata do conceito de patrimonialismo na sociologia histórica e política de Weber, assim como seu lugar e sua função na tipologia das formas de dominação. Analisando a démarche weberiana, ele propõe alguns elementos de reflexão sobre a natureza do trabalho conceitual que poderiam se provar úteis nos debates atuais sobre os Estados ditos “patrimoniais” ou “neopatrimoniais”


Palavras-chave


Patrimolianismo, neopatrimonialismo, Max Weber

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Estudos Políticos

 

 

 INDEXADORES E BASES:

  

   

 

       

AGÊNCIAS DE FOMENTO: