Entrevista com Noam Chomsky

Cristina Buarque

Resumo


Sem eco nos grandes e médios meios de comunicação nos Estados Unidos, Noam Chomsky dedica dois dias da semana a uma militância formiguinha, de pequeno ou mínimo alcance. Esta rotina abnegada foi o que me permitiu chegar até ele. Em temporada na New York University, relativamente próxima do seu escritório no Massachusetts Institute of Technology, em Boston, decidi, por puro diletantismo, enviar um e-mail com solicitação de entrevista para a Revista Estudos Políticos. Encontrei sem dificuldade o seu endereço na página do MIT, em meio à lista do corpo docente. Não custa tentar, pensei. Na recente experiência como editora da REP, acostumei-me a um espírito de tentativa e insistência, diluído em expectativas moderadas como antídoto para frustrações. Acostumei-me também a colecionar nãos e promessas esquecidas (tantas!) em meio a escassos e comemorados sims. A resposta de Chomsky, de próprio punho, menos de vinte e quatro horas depois da minha primeira tentativa de contato, veio, portanto, como surpresa completa.

Palavras-chave


Noam Chomsky

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Estudos Políticos

 

 

 INDEXADORES E BASES:

  

   

 

       

AGÊNCIAS DE FOMENTO: