El Neoliberalismo y el problema de “cómo vivir juntos”: la comunidad en la obra de Friedrich Hayek

Victoria Haidar

Resumo


A tendência de identificar o liberalismo com o individualismo conduziu à associação, de maneira quase excludente, entre a presença marcante de semânticas comunitárias nos regimes neoliberais e a influência de racionalidades políticas conservadoras. Contra essa leitura reducionista, ao mesmo tempo do neoliberalismo e da comunidade, este artigo contribui para discutir a problematização do “social” no liberalismo, mostrando que na obra de Friedrich Hayek se formula uma teoria multidimensional da comunidade, compreendida ao mesmo tempo como núcleo da Grande Sociedade, como uma forma histórica (ainda que espectral) da sociabilidade e como uma tecnologia de governo.

Palavras-chave


Friedrich Hayek, neoliberalismo, comunidade, individualismo.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Estudos Políticos

 

 

 INDEXADORES E BASES:

  

   

 

       

AGÊNCIAS DE FOMENTO: