O Retorno do Conflito: A Democracia Republicana

Maria Aparecida Abreu

Resumo


O propósito do artigo é apresentar uma associação dos conceitos de conflito, tal como Maquiavel o havia proposto, de liberdade como não-dominação, na forma do neo-republicanismo contemporâneo, especialmente de Philip Pettit, e o conceito de desigualdade categórica de Charles Tilly. Com isso, a intenção é formular uma teoria que possa ser utilizada como referência para a atuação do Estado nas situações de desigualdade que são intoleráveis para a democracia — justamente aquelas que se dão a partir de um grupo de pessoas, com características especiais, sobre outras. Para tal formulação teórica será dado o nome de democracia republicana, na medida em que une formulações da teoria democrática de Tilly com as contribuições dos principais teóricos republicanos atuais.

Palavras-chave


democracia, república, conflito, dominação, desigualdade

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Estudos Políticos

 

 

 INDEXADORES E BASES:

  

   

 

       

AGÊNCIAS DE FOMENTO: