Estudo documental das políticas de prevenção e promoção em saúde no Haiti

Jean Bart David

Resumo


Principais causas de morbimortalidade na população haitiana são as doenças infecciosas e as doenças do sistema circulatório. Segundo a Organização Pan-americana de Saúde, as principais causas de mortalidade no país nos últimos anos foram as doenças infecciosas representando 14% das mortes e as doenças do sistema circulatório 20%. Considerando os aspectos acima relacionados acredita-se que uma maior compreensão sobre as políticas de prevenção e promoção em saúde aplicado pelo estado do Haiti permitirá compreender se essas políticas atendem as verdadeiras demandas em saúde da população haitiana. Ante exposto, define-se o objetivo da pesquisa como: Analisar as políticas de prevenção e promoção em saúde do estado do Haiti através dos documentos publicados no site oficial do Ministério da Saúde e a População. Adotou-se a abordagem qualitativa, através de uma pesquisa documental utilizando fontes secundários sobre as políticas em promoção em saúde do Estado da República do Haiti. A análise de conteúdo proposta por Minayo foi usada como forma de análise dos documentos selecionados. Foram analisados sete documentos, constatou-se que as políticas de promoção em saúde do Estado do Haiti têm foco maior na prevenção e reparação de danos à saúde. A constituição do Haiti de 1987 aborda a questão de saúde, mas sem referência à questão da promoção em saúde.


Palavras-chave


Promoção da saúde, Política Pública, Haiti

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/rep.v10i20.43392

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Revista Estudos Políticos

 

 

 INDEXADORES E BASES:

  

   

 

       

AGÊNCIAS DE FOMENTO: