MODOS DE SER JOVEM NA ESCOLA: um estudo de caso etnográfico

Livian Lino Netto, Cristhianny Bento Barreiro

Resumo


O artigo apresenta um recorte de pesquisa realizada com estudantes do Instituto Federal Sul-rio-grandense, que teve por objetivo descrever imagens da juventude com foco na percepção que os jovens têm sobre si mesmos na escola. A partir de princípios qualitativos, o estudo caracterizou-se como estudo de caso de inspiração etnográfica. A coleta foi realizada através da filmagem de documentários pelos estudantes sobre o que é ser jovem na escola e qual o sentido da mesma em suas vidas. Como resultado, afirma-se que o principal sentido atribuído pelos jovens à escola é o estar junto com o outro.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/mov.v0i4.247

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 Fontes de indexação:

                                                                              

 

 

Apoio:

 

                                                                  

   

 

                              

 

 

 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

click counter
click counter
click counter