Código de Conduta Ética

A Revista Trabalho Necessário cumpri as boas práticas no que diz respeito à conduta moral condizente com a editoração cientifica de periódicos. Os autores que enviam artigos para a revista garantem que o trabalho não foi publicado e que não está em processo de revisão/avaliação em nenhum outro periódico.

A revista adota as diretrizes da Committee on Publication Ethics  (COPE) e é signatária da Declaração de São Francisco sobre Avaliação de Pesquisa (DORA).

Deveres e responsabilidades gerais dos editores da revista: os editores e sua equipe editorial são responsáveis por tudo o que for publicado em seu periódico. Portanto, os editores e equipe editorial devem:

. esforçar-se para atender as necessidades do Conselho Editorial, Comitê Científico, leitores e autores;

. aperfeiçoar constantemente a revista, para a socialização do conhecimento científico da área de Trabalho-Educação e/ou dos campos de conhecimentos que a analisa;

. garantir a qualidade do material que publicam, seguindo as inovações tecnológicas dos sistemas de publicação.

. defender a liberdade de expressão e o diálogo crítico com a sua linha/política editorial.

. reunir-se ou comunicar-se com o Conselho Editorial e Comitê Científico periodicamente ou quando achar necessário.

. manter a integridade dos registros acadêmicos para qualquer possibilidade de demonstração para os setores pertinentes, quando necessário.

. impedir que interesses comerciais e burocráticos (públicos ou privados) comprometam os padrões intelectuais da editoração, como sua própria concepção de editoração.

. publicar, quando necessário, correções, esclarecimentos, retratações e desculpas.

. garantir que o processo de avaliação por pares aconteça, de forma justa, transparente e eficiente, em acordo com a política de avaliação adotada pela revista.

. analisar o material recebido pelo seu conteúdo intelectual sem detrimento a raça, gênero, sexualidade e religião, em acordo com a linha/política editorial da revista.

. estabelecer, junto a revista, uma linha de comunicação transparente para casos de contestação da decisão editorial.

. não influenciar artificialmente métricas, dados e avaliações, garantindo a integridade e confiabilidade de quaisquer informações apresentadas e classificações obtidas pela revista. 

. prezar pela confidencialidade do material submetido e privacidade dos autores e avaliadores envolvidos com a revista.

. sinalizar a o Conselho Editorial e Comitê Científico caso haja a possibilidade de acorrer algum conflito de interesse por parte do editor.

Código de Conduta