A ATUALIDADE – QUASE SEMPRE OMITIDA - DO MARXISMO: REFLEXÕES SOBRE HISTÓRIA E INTERDISCIPLINARIDADE

Sonia Regina Mendonça

Resumo


Tida, durante longo tempo, como “a” disciplina científica por excelência, a História viu seu “império” contestado a partir da emergência, no campo das Ciências Sociais, de inúmeras novas disciplinas que, pouco a pouco, e por caminhos os mais diversos, poriam em questão seu pressuposto epistemológico - àquela altura - inquestionável: a contingência. Saber dedicado às singularidades, aos fatos únicos ou às personalidades marcantes, a História dita “metódica” da segunda metade e, sobretudo, finais do século XIX, somente fez ampliar o fosso ao redor de seu “castelo” quando outras “ciências”, recém-chegadas – como a Geografia, a Psicologia e, finalmente, a Sociologia - emergiram no campo dos saberes sobre o homem, igualmente buscando seu lugar ao sol, e disputando espaço com esta que fora, até aí, a “ciência humana” preeminente.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/tn.2i2.p3646

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Fontes de Indexação:

   

     logo_livre2.png     https://periodicos.uff.br/public/site/images/zuleidesilveira/REDIB.jpg   

Apoio:

          Resultado de imagem para abec brasil logo             

 

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Contador de visitas
Contador de visitas

acessos a partir de 21/09/2018.