A DIVISÃO SEXUAL DO TRABALHO NO CONTEXTO DA PANDEMIA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22409/tn.v19i38.45884

Palavras-chave:

gênero, desigualdade, crise sanitária, crise econômica

Resumo

Este artigo tem como propósito fazer uma análise conjuntural da economia brasileira nestes meses de crise sanitária sem precedentes em sua história, tendo como fio condutor e pano de fundo a divisão sexual do trabalho. A pandemia da Covid-19 irrompeu em meio à crise econômica que a economia brasileira amargava desde 2015 e com baixíssimas taxas de crescimento desde 2017. Para as mulheres, a estagnação econômica e a crise sanitária potencializaram as desigualdades relativas ao mercado de trabalho e à divisão das tarefas de cuidado dentro da família.

Palavras-chave: gênero; desigualdade; crise sanitária; crise econômica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Hildete Pereira de Melo, Universidade Federal Fluminense UFF

Doutora em Economia, Professora da Faculdade de Economia e do Programa de Pós-Graduação em Políticas Sociais da Universidade Federal Fluminense, Núcleo de Pesquisas em Gênero e Economia

Lucilene Morandi, Universidade Federal Fluminense UFF

Doutora em Economia, Professora Associada da Faculdade de Economia, Coordenadora do Núcleo de Pesquisas em Gênero e Economia NPGE, Universidade Federal Fluminense

Referências

CARRASCO, Cristina, “La economía feminista: una apuesta por otra Economía”, In, Geoghegan, Verónica Serafini (org.), La economía feminista, Asunción: Secretaria de la Mujer de la Presidencia de la Republica, 2011, pp.35-90.

DWECK, Esther, O Brasil em queda livre, In, Revista Jacobin, Especial, 2019, pp.62-70.

FAGNANI, Eduardo, “Austeridade e Seguridade: a destruição do marco civilizatório brasileiro”, em ROSSI, Pedro, DWECK, Esther, OLIVEIRA, Ana Luiza M. de (org.), Economia para Poucos – Impactos Sociais da Austeridade e Alternativas para o Brasil, São Paulo, Autonomia Literária, 2018.

FOREIGN AFFAIRS, “Latin America’s COVID-19 nightmare: lessons from the world’s hardest-hit region”, September 1, 2020.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística IBGE, “Síntese dos Indicadores Sociais”, Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Continua, vários anos.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística IBGE, Censo Demográfico, 2010.

Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada IPEA, Carta de Conjuntura, Mercado de Trabalho, 1º., 2º. e 3º. trimestre de 2020.

KERGOAT, Danièle, “O trabalho, um conceito central para os estudos de gênero?” In: MARUANI, M. (org.), Trabalho logo existo: perspectivas feministas, Rio de Janeiro: FGV, 2019, pp. 287-294.

MELO, Hildete Pereira de; THOMÉ, Debora, Mulheres e poder: histórias, ideia, indicadores, Rio de Janeiro: FGV, 2018.

Jornal O Globo, “Coronavírus: pandemia impacta as mulheres de forma diferente. E isso precisa ser levado em conta para enfrentar a crise”, Caderno Celina, 03/04/2020.

ONU Mulheres Brasil, Comunicado de 24 de março de 2020.

Portal G1, “Auxílio emergencial residual tem novo valor e novas regras para prorrogação até o fim do ano”, 09/09/2020, https://g1.globo.com/sp/ribeirao-preto-franca/pode-perguntar/noticia/2020/09/09/ auxilio-emergencial-residual-tem-novo-valor-e-novas-regras-para-prorrogacao-ate-o-fim-do-ano-entenda.ghtml.

Revista POLI – Saúde, Educação Trabalho – jornalismo público para o fortalecimento da Educação profissional em Saúde, Rio de Janeiro, FIOCRUZ, Ano XII, nº 70, mai-jun. 2020.

TEIXEIRA, Marilane O., “A crise econômica e as políticas de austeridade: efeitos sobre as mulheres”, In: ROSSI, P., DWECK, E., OLIVEIRA, A. L. M. de, Economia para poucos, impactos sociais da austeridade e alternativas para o Brasil, São Paulo: Autonomia Literária, 2018, pp. 281-300.

ULISSEA, G. “Efeitos da Covid-19 no mercado de trabalho brasileiro”, Webinar IPEA, 17 de junho de 2020.

Downloads

Publicado

2021-02-27

Como Citar

Melo, H. P. de, & Morandi, L. (2021). A DIVISÃO SEXUAL DO TRABALHO NO CONTEXTO DA PANDEMIA. Revista Trabalho Necessário, 19(38), 105-125. https://doi.org/10.22409/tn.v19i38.45884

Edição

Seção

Artigos do Número Temático