Reendereçamento do filme Erin Brockovich no ensino de Química: intertextualidades em uma perspectiva socioambiental

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22409/resa2020.v13i2.a38636

Resumo

Este trabalho teve por objetivo investigar por meio da noção de reendereçamento de audiovisuais, o uso que uma professora de Química fez do filme Erin Brockovich. O seu plano de aula com o uso do filme associado a materiais intertextuais visava promover a aprendizagem de conceitos químicos e o debate de questões socioambientais orientadas para uma conexão com o recente crime ambiental em Brumadinho. Esta etapa da pesquisa foi desenvolvida a partir de uma entrevista semiestruturada com a professora e a observação da utilização do filme em uma turma de ensino médio profissionalizante para jovens e adultos. Foi possível notar que o reendereçamento a partir de um filme de entretenimento construído pela professora foi capaz de direcionar os sentidos produzidos pelos estudantes para os atuais problemas do país.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gisele Abreu Lira Corrêa dos Santos, Colégio Pedro II/ Doutoranda UFRJ

Doutoranda do Programa de Pós-Graduação de Educação em Ciências e Saúde da Universidade Federal do Rio de Janeiro (2016). Mestre em Ensino da Educação Básica pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2016). Especialista em Mídias na Educação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2011). Graduação em Licenciatura em Química pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2001). Professora efetiva do Ensino Básico e Tecnológico do Colégio Pedro II. Experiência na área de Educação e de Química.

Luiz Augusto Coimbra de Rezende Filho, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Professor Associado I do Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Saúde do NUTES-UFRJ. É bolsista de produtividade do Cnpq e foi bolsista do programa Jovem Cientista do Nosso Estado (JCNE) da FAPERJ. É docente colaborador credenciado no Programa de Pós-Graduação em Cinema da UFF. Possui graduação em Cinema pela Universidade Federal Fluminense (1995), mestrado em Comunicação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2000) e doutorado em Comunicação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2005). Foi coordenador do Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Saúde do NUTES-UFRJ. Foi professor auxiliar do Curso de Cinema da Universidade Estácio de Sá. Tem experiência nas áreas de Educação e Comunicação, com ênfase em Cinema, atuando principalmente nos seguintes temas: documentário, cinema e vídeo educativos, recepção audiovisual, arquivos audiovisuais, educação em ciências e saúde.

Rodrigo Vasconcelos Machado de Mello, Secretaria Estadual de Educação do Rio de Janeiro/ Doutorando UFRJ

Graduado em Licenciatura em Química pelo Instituo Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro (2010) e especializado em Ensino de Química pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2012). Mestre em Ensino de Química pelo IQ/UFRJ, com dissertação defendida a respeito da utilização da linguagem cinematográfica como recurso no ensino de Química. Atualmente cursa o doutorado em Ensino de Ciências e Saúde no NUTES/UFRJ. Sua principal área de interesse é o uso de recursos audiovisuais no Ensino de Ciências, sobretudo o cinema. Atua como professor de Química da rede estadual do Rio de Janeiro, na modalidade regular do Ensino Médio. Além disto, realiza tutoria a distância no curso de Licenciatura em Química do CEDERJ.

Downloads

Publicado

2020-08-31

Edição

Seção

Artigos