Os Novos Sujeitos Históricos e a Constituição Cidadã

Autores

Resumo

Resumen:


Entre as décadas de 1970 e 1980, a expressão “novos sujeitos históricos” estava presente tanto nos discursos das lideranças de movimentos sociais como nas publicações de intelectuais de diferentes disciplinas. Este artigo tem com objetivo recuperar a discussão sobre a participação popular no processo constituinte daquela época a partir de referenciais teóricos da história e da filosofia política, bem como o modo pelo qual o período da transição política foi experimentado por diferentes atores sociais e dele extraído significados. Assim, espera-se contribuir para os estudos de história constitucional do processo constituinte de 1987/88 e de hermenêutica atinentes à Constituição de 1988 e seu conjunto de direitos, oferecendo um panorama interpretativo e crítico sobre aquela conjuntura específica e de seus atores sociais.

 

Palavras-Chave:

Filosofia Política, História do Brasil, Direito Constitucional, Poder Constituinte.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Viviane Magno Ribeiro Magno Ribeiro, PUC-Rio

Professora Agregada da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro

Publicado

2021-06-11

Edição

Seção

Artigos