“ESCOVAR A HISTÓRIA A CONTRAPELO”: CONTRIBUIÇÕES DE WALTER BENJAMIN PARA A CONCEPÇÃO DIALÉTICA DA HISTÓRIA

Vitor Bemvindo

Resumo


A atual conjuntura de avanço do pensamento conservador e reacionário em todo mundo, obriga os historiadores marxistas a recuperar a essência da concepção dialética da história sem esbarrar em certas interpretações simplistas, etapistas, evolucionistas ou positivistas do materialismo histórico e dialético. Em tempos de avanço do obscurantismo, “clarear essa obscuridade” “é a honra da pesquisa histórica”. Este artigo pretende recuperar o sentido dialético da concepção de história presente nas obras de Marx e Engels, a partir das contribuições do filósofo alemão Walter Benjamin. O estudo aqui proposto, pretende reconhecer, em especial, as elaborações em torno as ideias de “escovar a história a contrapelo” e de história aberta.

 


Palavras-chave


História, dialética, cultura, Walter Benjamin

Texto completo:

PDF HTML

Referências


BEMVINDO, Vitor. Por uma História da Educação Politécnica: concepções, experiências e perspectivas. 2016. Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal Fluminense.

BENJAMIN, Walter. Magia e Técnica, Arte e Política: ensaios sobre literatura e história da cultura. São Paulo: Editora Brasiliense, 1996.

CIAVATTA, Maria. Mediações históricas de trabalho e educação. Gênese e disputa na formação dos trabalhadores (Rio de Janeiro, 1930-60). Rio de Janeiro: Editora Lamparina, 2009.

ENGELS, Friedrich. Prefácio à terceira edição. In: MARX, K. O 18 de Brumário de Luís Bonaparte. São Paulo: Boitempo, 2011.

FONTANA, Joseph. História: análise do passado e projeto social. Bauru, SP: EDUSC, 1998.

GRAMSCI, Antonio. Concepção Dialética da História. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1978.

HOBSBAWM, Eric. Sobre História. São Paulo: Companhia das Letras, 1999.

KONDER, Leandro. “Limites e possibilidades de Marx e sua dialética para a leitura da história neste início de século”. In: FRIGOTTO, Gaudêncio; CIAVATTA, Maria (org.). Teoria e Educação no labirinto do Capital. São Paulo: Expressão Popular, 2014.

KONDER, Leandro. O que é Dialética? São Paulo: Editora Brasiliense, 1984.

LÖWY, Michael. Walter Benjamin: aviso de incêndio. Uma leitura das teses “Sobre o conceito da história”. São Paulo: Boitempo, 2012.

MARX, Karl. Contribuição à Crítica da Economia Política. São Paulo: Expressão Popular. 2008.

MARX, Karl. O 18 de Brumário de Luís Bonaparte. São Paulo: Boitempo, 2011.

MARX Karl.; ENGELS, Friedrich. A ideologia alemã. São Paulo: Boitempo, 2007.

MARX Karl.; ENGELS, Friedrich. Manifesto Comunista. São Paulo: Boitempo, 2010.

WILLIAMS, Raymond. Marxismo e Literatura. Rio de Janeiro: Zahar Editores, 1979.

WOOD, Ellen. “O que é a agenda pós-moderna”. In: WOOD, Ellen; FOSTER, John B. Em defesa da História: marxismo e pós-modernismo. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editores, 1999.




DOI: https://doi.org/10.22409/tn.v18i35.40490

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Fontes de Indexação:

  

     logo_livre2.png     https://periodicos.uff.br/public/site/images/zuleidesilveira/REDIB.jpg   

Apoio:

          Resultado de imagem para abec brasil logo             

 

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Contador de visitas
Contador de visitas

acessos a partir de 21/09/2018.