CONCEITUAÇÃO DO TRABALHO NOS MUNDOS DA NECESSIDADE E LIBERDADE, DIREITO E DEVER

Autores

  • Heitor Coelho

DOI:

https://doi.org/10.22409/tn.5i5.p4610

Resumo

Para muitos daqueles que se dedicam ao estudo da educação, entre os quais me incluo, observar a grande influência do trabalho é lugar-comum. Tal afirmação não objetiva ignorar a discussão acerca do trabalho, seu papel e as diversas formas específicas por meio das quais tal influência se manifesta em diversos campos (e não só o nosso), mas precisamente chamar a atenção para ela; e no campo da educação isto é, talvez, ainda mais válido, pois tentar pensá-lo de maneira mais abrangente é uma luta constante no campo das idéias contra o senso-comum, que pensa a educação ao mesmo tempo como algo limitado num sentido – ocorrendo apenas em certas instituições e momentos – e ilimitado em outro – seu potencial como solução para todos os tipos de problemas sóciopolíticos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2007-12-14

Como Citar

Coelho, H. (2007). CONCEITUAÇÃO DO TRABALHO NOS MUNDOS DA NECESSIDADE E LIBERDADE, DIREITO E DEVER. Revista Trabalho Necessário, 5(5). https://doi.org/10.22409/tn.5i5.p4610

Edição

Seção

Artigos