PEDAGOGIA DO TRABALHO E INTELIGÊNCIA OPERÁRIA: CONTRIBUIÇÕES NA PERSPECTIVA DA PRODUÇÃO ASSOCIADA

Autores

  • Geraldo Santos

DOI:

https://doi.org/10.22409/tn.10i15.p6863

Palavras-chave:

Saberes tácitos, maquinaria, processo de trabalho e cooperativismo.

Resumo

Este artigo propõe um debate sobre o principio educativo do trabalho na produção associada. Além da revisão da literatura, nosso foco é uma análise da experiência dos metalúrgicos da Metalcoop, uma cooperativa industrial localizada em Salto-SP. Trazemos como interrogação que a potência criativa dos trabalhadores na produção associada reforça e traz novos elementos sobre o estatuto epistemológico da experiência. Como aporte teórico, recorremos à tradição marxista sobre o processo de trabalho e seu inerente caráter educativo, também, com autores que debatem a produção associada (Singer, 2002; 2003; Tiriba, 2001) e com aqueles que interrogam o estatuto social da técnica, da ciência e da tecnologia. (Braverman, 1987; Marx, 1982; 1987; Novaes, 2007; Pinto; 2004).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-06-13

Como Citar

Santos, G. (2018). PEDAGOGIA DO TRABALHO E INTELIGÊNCIA OPERÁRIA: CONTRIBUIÇÕES NA PERSPECTIVA DA PRODUÇÃO ASSOCIADA. Revista Trabalho Necessário, 10(15). https://doi.org/10.22409/tn.10i15.p6863

Edição

Seção

Artigos