"Fabricando" Identidades: Domingos Loreto Couto, Vida e obra de um Cronista Luso-Brasileiro na Pernambuco de Meados do Século XVIII

Bruno Silva

Resumo


O presente artigo aborda aspectos da vida e da obra do cronista luso-brasileiro, Domingos Loreto de Couto que, pernambucano, escrevendo na segunda metade do século do XVIII, busca ressaltar as especifi cidades de sua capitania, destacando os habitantes do local como verdadeiros e fi éis vassalos do rei de Portugal e seguidores convictos da religião Católica. Buscar-se-á demonstrar que o cronista, através de sua obra, procurava forjar uma identidade pernambucana que, longe de contestar o poder real e a religião do Império, apresentava aspectos concernentes aos pernambucanos que os faziam diferentes e especiais frente aos demais súditos do monarca português. Por fi m, observaremos como o cronista aborda a presença de negros, índios e mestiços na construção dessa identidade local.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.