CONTRIBUIÇÕES DA FILOSOFIA FREIRIANA NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES PARA EJA

CONCEPÇÕES DE EGRESSAS DO CURSO DE PEDAGOGIA DA UERJ

Autores

  • Carlos Soares Barbosa Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ)
  • Jaqueline Luzia da Silva Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ)

Palavras-chave:

Educação de Jovens e Adultos (EJA), pedagogia, filosofia frieirana, prática docente

Resumo

Este artigo tem o objetivo de investigar as contribuições da pedagogia/filosofia de Paulo Freire na formação de professores que atuam na Educação de Jovens e Adultos (EJA). Trata-se de resultado da pesquisa exploratória e qualitativa, realizada com dez professoras iniciantes da EJA, egressas do curso de Licenciatura em Pedagogia da UERJ. Amparada no método da análise do conteúdo, os resultados indicam que, embora o contato com a filosofia freiriana durante a graduação contribua para a construção de um discurso democrático e de uma consciência histórica, há a necessidade de fortalecer a perspectiva da formação docente como um ato contínuo, pois o contato com a filosofia freiriana na formação docente inicial não é garantia de que ela irá se materializar no chão da sala da EJA.   

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos Soares Barbosa, Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ)

Doutor em Políticas Públicas e Formação Humana, Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ);
Universidade do Estado do Rio de Janeiro; Professordos Programas de Pós-graduação em Educação: Processosformativos e desigualdade sociais (FFP-UERJ) e em Políticas Públicas e Formação Humana (PPFH-UERJ).

Jaqueline Luzia da Silva, Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ)

Doutora em Educação, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio); Professora Adjunta da Faculdade de Educação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro - Brasil.

Referências

ALMEIDA, Nadja R. Oliveira de; FONTENELE, Inambê Sales; FREITAS, Ana Célia Sousa. Paulo Freire e a Educação de Jovens e Adultos (EJA). Ensino em Perspectivas, Fortaleza, v. 2, n. 1, p. 1-11, 2021. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/ensinoemperspectivas/article/view/6151/5164 Acesso em

ago. 2021

BARBOSA, Carlos Soares; PIRES, Raquel Lopes. Desafios para educação de qualidade e o direito à aprendizagem de jovens, adultos e idosos no tempo presente: o que pensam os professores? Quaestio, Sorocaba, SP, v. 22, n. 1, p. 271-291, jan./abr. 2020. Disponível em: http://periodicos.uniso.br/ojs/index.php/quaestio/article/view/3571 Acesso em 20 ago. 2021.

BARDIN, Laurence. Análise de Conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2016.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado Federal, 1988.

BRASIL. Ministério da Educação. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional – nº 9394/96. Brasília, DF: Senado Federal, 1996.

BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Câmara de Educação Básica. Parecer CNE/CEB nº 11/2000. Brasília: CNE: MEC, 2000.

FRANCO, Maria Laura Publisi Barbosa. Análise de conteúdo. 2ª ed. Brasília: Liber Livro, 2007.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. 17ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. 7ª ed. São Paulo: Paz e Terra, 1998.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Indignação: cartas pedagógicas e outros escritos. São Paulo: UNESP, 2000.

FREIRE, Paulo. O Homem e Sua Experiência/Alfabetização e Conscientização. In: FREIRE, Paulo. Conscientização: teoria e prática da libertação: uma introdução ao pensamento de Paulo Freire. São Paulo: Cortez & Moraes, 1979, p. 13-50.

FREIRE, Paulo. A alfabetização de adultos – crítica de sua visão ingênua compreensão de sua visão crítica. In: FREIRE, Paulo. Ação cultural para a liberdade e outros escritos. 5ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra. 1981, p. 11-20.

FIORI, Ernani Maria. Aprender a dizer a sua palavra. In: FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. 17ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

JANARY JR.; SILVEIRA, Wilson. Projeto revoga lei que declarou Paulo Freire patrono da educação. Agência Câmara de Notícias, 27 de maio de 2019. Disponível em: https://www.camara.leg.br/noticias/558470-projeto-revoga-lei-que-declarou-paulo-freire-patrono-da-educacao/ Acesso em 15 ago. 2021.

MOURA, Ana Paula de Abreu Costa de. Diálogos com Paulo Freire: contemporaneidade. In: MELO, Maria Aparecida Vieira de; TORRES, Maria Erivalda dos Santos; ALMEIDA, Ricardo Santos de. (Orgs.). Educação e prática pedagógica em Paulo Freire: desafios da atualidade. Vol. 1, Recife, PE: Centro Paulo Freire Estudos e Pesquisas, 2021.

PAIVA, Jane. Concepções e movimentos pela formação de pedagogos para a Educação de Jovens e Adultos na Faculdade de Educação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. In: SOARES, Leôncio (Org.). Formação de educadores de jovens e adultos. Belo Horizonte, Autêntica/SECAD-MEC/UNESCO, 2006.

PAIVA, Jane; HADDAD, Sergio; SOARES, Leôncio José Gomes. Pesquisa em educação de jovens e adultos: memórias e ações na constituição do direito à educação para todos. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, vol. 24, 2019 (pp.1-25). Disponível em: https://doi.org/10.1590/s1413-24782019240050 Acesso em 11 ago. 2021.

SILVA, Jaqueline Luzia da; BATISTA, Janahina de Oliveira; LEITE, Jussara Soares Campos. Formação inicial de educadores para a EJA: contribuições em um curso de Pedagogia. In: COSTA, A. D. (Org.). Cultura, cidadania e políticas públicas 2. Ponta Grossa (PR): Atena Editora, 2019. Disponível em: https://www.atenaeditora.com.br/wp-content/uploads/2019/01/E-book-Cultura-Cidadania-e-Pol%C3%ADticas-P%C3%BAblicas-2-1.pdf Acesso em: 23 ago. 2021.

SOARES, Leôncio. O educador de jovens e sua formação. Educação em Revista, Belo Horizonte, n. 47, p. 83-100, jun. 2008. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-46982008000100005 Acesso em 19 ago. 2021.

UNESCO. Declaração de Hamburgo – texto síntese. V Conferência Internacional de Educação de Adultos. Hamburgo, Alemanha, 1997. Disponível em: http://www.direitoshumanos.usp.br/index.php/Direito-a-Educa%C3%A7%C3%A3o/declaracao-de-hamburgo-sobre-educacao-de-adultos.html Acesso em 23 ago. 2021.

Downloads

Publicado

2022-02-16

Como Citar

Barbosa, C. S., & Silva, J. L. da. (2022). CONTRIBUIÇÕES DA FILOSOFIA FREIRIANA NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES PARA EJA: CONCEPÇÕES DE EGRESSAS DO CURSO DE PEDAGOGIA DA UERJ . RevistAleph, 1(38). Recuperado de https://periodicos.uff.br/revistaleph/article/view/51531