CIÊNCIA E ACONTECIMENTOS GENÔMICOS EM DISCURSOS DE PROFESSORES-PESQUISADORES E ACADÊMICOS DE PÓS-GRADUAÇÃO: UMA ANÁLISE FENOMENOLÓGICA

FERNANDA PERES RAMOS, MARCOS CESAR DANHONI, MARIA JULIA CORAZZA

Resumo


As pesquisas direcionadas a partir do modelo de dupla-hélice do DNA proporcionaram a materialização do conceito de gene, fomentando a aspiração de decifrar o ser humano.
Tais manifestações se intensificaram com o desenvolvimento do Projeto Genoma Humano (PGH). As expectativas  direcionadas pelo PGH fomentaram a visão determinista de que todas as expressões gênicas estariam determinadas no gene, evidenciando um persistente cientificismo. Todavia, os resultados do PGH ao invés de apoiar essas noções trouxeram respostas inesperadas. Tais constatações despertam
questões como: o que são genes? Como esse panorama epistemológico se manifesta no Ensino Superior? Diante disso, a presente pesquisa analisou, por meio da Fenomenologia, os discursos de professores-pesquisadores e acadêmicos de um curso de Pós-Graduação de Ensino-Aprendizagem de Ciências acerca dos acontecimentos genômicos e a ciência. Tais discursos ao trazerem suas concepções sobre possíveis
rupturas, anomalias ou linearidade sobre o conceito de gene, revelaram também quais valores científicos permeiam seus discursos.
Palavras-chave: gene, projeto genoma humano, determinismo, cientificismo, epistemologia

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22409/resa2010.v3i3.a21126

Apontamentos

  • Não há apontamentos.